domingo, 4 de março de 2018

Inspirações - projetos lugastal do livro Relicário de Afetos

Se você já passeou pelas páginas do livro Relicário de Afetos, com certeza encontrou várias inspirações para produzir peças semelhantes. Importante salientar: assim como as histórias do livro foram escritas para que você reencontre os seus afetos, os projetos handmade servem como referência para suas futuras criações. Lembrando que, ao você colocar o seu estilo, cores, materiais, etc... as peças ficarão ainda mais ricas e com sua total assinatura.
 
Ao final do livro há um recado: INSPIRAÇÕES:
"divido com vocês alguns rabiscos criativos, para que use sem moderação". Na sequência, há desenhos lindamente aquarelados pela artista Anacardia, , com medidas que servirão de referência na execução dos seus projetos. Seguem aqui referências que facilitarão suas produções. Lembrando que a proposta do livro não é apresentar projetos e seus respectivos passos, é inspirar o leitor a criar, ousar e experimentar!
 
ALMOFADA PATCHWORK & BORDADOS
grau de dificuldade: fácil
Material:
- 20cm tecido liso para a lâmina central (se quiser poderá ser bordada)
- 20 cm para as barras menores laterais (no desenho do livro estão coloridas de rosa)
- 30 cm para as barras maiores laterais (no desenho do livro estão coloridas de azul com bolinhas)
- 40cm de tecido para a lâmina traseira.
 
Como fazer: para produção dessa peça, você escolherá uma lâmina de tecido principal para bordar. O desenho é bem explícito, para costurar a parte frontal da almofada você unirá primeiro as lâminas acima e abaixo da principal, depois as barras laterais e, por último, as barras laterais maiores.
Ao finalizar essa lâmina frontal, tire a medida final e corte uma lâmina da mesma medida em tecido liso para a parte de trás. Una ambas as lâminas, deixando um espaço para encher com plumante (fibra siliconizada)
 
ALMOFADA BERGAMOTA
grau de dificuldade: médio
Material necessário para uma almofada de 40cm:
- 50 cm de tecido (ou 25cm de 2 diferentes estampas);
- 60cm manta acrílica;
- grelô - fio de pompons (opcional)
- 2 botões grandes
- 500gr plumante (fibra siliconizada)
- linha de crochê

Como fazer:
- cortar 16 partes iguais do molde (gomo), no livro ilustrado em Chevron
- costurar de 2 em 2 partes ( se estiver trabalhando com dois tecidos diferentes, costurar sempre o mesmo tecido em cima), passar virando todas as costuras para o mesmo lado;
- novamente costurar de 2 em 2 partes( cuidando a ordem dos tecidos caso eles sejam diferentes), passar as costuras para o mesmo lado. Emendar no meio.
- repetir o mesmo processo para o outro lado da almofada.
-  cortar uma faixa de tecido de 14 cm X 1,40 cm.
- cortar a manta para os círculos e para a tira lateral, fixe-as..
- se for colocar o grelô ou sianinha, fixe ao redor do círculo (bem na ponta, só para firmar (facilita o trabalho).
- costure a faixa lateral no primeiro círculo (marque um ponto para a fixação de ambos os círculos) deixando uma pequena parte sem costurar, 10cm para fazer a emenda lateral, feche a emenda e costure o que faltou. Conforme a  figura abaixo.
- costure do outro lado(círculo), deixando uma pequena abertura.
- pregue o botão de um lado: coloque um fio duplo de uma linha de crochê (mais encorpada + ou – 1 metro)na agulha. Deixe uma ponta (+ ou – 30 cm) sobrando, e dê umas três voltas no botão(costurando) e amarre bem apertado (Dê alguns nós) naquele fio de 30 cm) e sem arrebentar a linha passe para o botão do outro lado e repita o processo. (O espaço que você quiser de profundidade.
- encha a almofada aos poucos, para não ficar sulcos, feche com pontos invisíveis.


ALMOFADA KOMBI
grau de dificuldade: médio/avançado

 Material:
--25 cm p/1,40 mt  tecido branco
- 15 cm p/1,40mt tecido colorido
- 40 cm manta acrílica R1
- 1 retalho tecido preto +- 20 x 40 cm
- 1 retalho de preferência estampado para pranchinha de surf
- Papel colante para o tecido preto
- 2 botões médios para faróis; 1 botão colorido para marca (frente central)
- 4 botões grandes brancos para rodas
- Plumante para encher almofada; Linha preta; 50 cm de cordão.

Como fazer:
Parte 1: -cortar tecido branco  1 X molde 1; cortar tecido colorido espelhado (dobrado)   2 X molde 2; cortar 1 lâmina de tecido branco 14cm X 41 cm e colar manta acrílica – Teto da Kombi; cortar 1 lâmina de tecido colorido 14 cm x 41 cm e colar manta acrílica – Fundo da Kombi; cortar uma tira de 6 cm de tecido preto, dobre ao meio e dobre as pontas para dentro. Passe uma costura de cada lado para fazer as tiras que serão usadas como rack. (acessório para fixação prancha de surf). Colar retalho tecido preto no papel colante , marcar e cortar 4  rodinhas.
Parte 2: Costurar as lâminas coloridas (molde 2) na lâmina branca (molde 1) a partir do centro do branco (frente da Kombi). Como mostra a figura 1. Passar com ferro de passar roupas com as costuras viradas para o lado colorido.  Aparar as laterais externas para deixar reto. Colar esta lâmina na manta acrílica. Pespontar em preto as marcações laterais da Kombi. Pespontar o  centro (será bem ao meio e terá 12 cm de largura).Será nesta costura que se fará um pequeno pique na hora de costurar as laterais da Kombi. Distribuir as quatro rodinhas, colar e costurar de preferência com zig-zag fechado.À lápis, marcar as janelinhas (devem ficar com aproximadamente ½ cm entre uma e outra).Passar costuras em preto para marcar as janelas. (Não esqueça os limpadores).Pregar os botões frontais (faróis e marca).Anexar a parte inferior da Kombi ( Lamina colorida) no centro. Fixar com alfinetes costurando apenas os 12 cm centrais da frente (assim ficará 1 cm para cada lado para costurar as laterais). Fazer um “pique” (pequeno corte de menos de 1 cm ao lado, bem rente,  àquela costura frontal.Agora dobre a lateral e encaixe no fundo da Kombi (o “pique” facilita esta operação), costure deixando 1 cm sem costura no final  para poder dobrar depois.Faça o mesmo do outro lado. Pregue os botões das rodinhas. Fixe duas tiras pretas em cima da lâmina branca do teto – à 10 cm do começo e a outra 10 cm depois. Não se esqueça  que não pode ser bem no meio porquê a traseira também está junto na medida do teto. Anexar a parte superior da Kombi (lâmina branca). Fixar com alfinetes costurando apenas os 12 cm centrais da frente (sobrará 1 cm para cada lado para costurar laterais). Faça novamente os “piques”e repita a operação do fundo.Para a traseira, “os piques” deverão ser feitos na parte do teto e do fundo, usar como guia a costura lateral, dobre e faça o “pique” ( Não se esqueça, menos que 1 cm).Acerte os tecidos para que as cores se encontrem corretamente. Apare, se for necessário e alfinete (esta costura será feita com pontos invisíveis à mão). Feche as laterais.Desvire, arrume os cantos com uma agulha. Encha com plumante e feche com pontos invisíveis. Passe o molde da pranchinha para o tecido estampado. Costure na linha deixando uma abertura. Desvire, coloque um pouco de plumante, feche com costura invisível. Amarre a  pranchinha em cima do rack.

 
ALMOFADA CORUJA DOROTHÉA
grau de dificuldade: fácil
 
Modo de fazer: Corte 2x o  molde do corpo, e 4 X o molde das patas. Para os demais moldes, aplique tecidos de seu gosto ao papel cola, e risque cada peça a ser cortada; com o papel cola já adesivado ao tecido, corte 2X os olhos (interno e externo), pupilas; e depois corte 1X os moldes da barriga, coração e nariz de sua Dorothéa; com ferro quente, aplique as partes da coruja, uma a uma, em um dos moldes já cortados do corpo, nesta ordem: barriga, nariz, parte branca dos olhos, parte colorida dos olhos, pupilas e coração. A ordem será importante, pois detalhes do nariz são escondidos pelos olhos. 

Depois de todas as partes já aplicadas, faça os detalhes das mesmas. Todas as partes aplicadas serão “pespontadas” em ponto reto, com fio de linha preto. Nos moldes de aplicação já existentes  no mercado, é nesse momento que são feitos os detalhes em caseado, o que também poderá ser feito na coruja. Mas, buscando a inovação e criação de uma coruja mais contemporânea, sugiro que o ponto seja reto, não precisando ser perfeitamente alinhado... passe de 2 a 3 X a costura em cada parte da coruja, como aparece nas fotos.
Una as duas partes do corpo, avesso com avesso, e alfinete todas as laterais. Após, costure-a na linha pontilhada (deixe apenas um pé de máquina). Depois de costurada, dê piques de 5 em 5 cm, vire a peça com auxílio de um palito de sushi e passe o ferro.
Agora é só encher sua coruja com plumante (não economize... quanto mais plumante mais firme sua peça ficará), lembrando para colocar pequenas “bolas” de plumante nas orelhas, para depois encher o restante do corpo. Depois de cheia, arremate o buraco por onde foi colocado o plumante, com ponto invisível, e linha da mesma cor
Costure as duas patas, dê piques, vire, passe a ferro e encha com plumante. Arremate o buraco da costura a mão, preferencialmente em ponto invisível. As patinhas poderão der costuradas com a aplicação de um botão debaixo de cada uma, o que dará um charme à sua Dorothéa!
Use e abuse da criatividade nos detalhes e cores – vale aplicar um laço na cabeça, botões ou outros aviamentos de sua preferência!!!!
 
 
 BONECA LINDA
grau de dificuldade: fácil/médio
Como fazer o corpo da boneca:
Recorte o molde do papel, exatamente nos riscos - linhas contínuas;  no tecido (tricoline 100% algodão) dobrado ao meio, risque os moldes com lápis 6B; antes de riscar os braços e corpo, estude de em que posição o tecido será melhor aproveitado. A cor do corpo será de acordo com sua escolha. Feitos os riscos,  costure exatamente em cima, não deixando margem. Somente depois de costurados corpo e braços é que você cortará a boneca, deixando margem de, aproximadamente 0,5cm entre a costura e o corte (as pernas dessa menina linda já estão juntas ao tronco). Deixe pequenos espaços para desvirar a peça (as linhas pontilhadas no molde são apenas sugestão). Você pode optar por recortar a boneca com tesoura de picote; eu prefiro tesoura normal, e, após recortada, dar piques nas partes curvas, o que deixará sua costura perfeita após virado o corpo e braços da boneca. Com auxílio de um palito de comida japonesa (hashi), desvire corpo e braços, e passe com ferro quente para alisar o tecido. Depois, encha lentamente com fibra siliconizada (plumante), enchendo bastante principalmente a parte superior do tronco (pescoço e cabeça). Após a boneca estar completamente cheia de plumante, costure a máquina na divisão das pernas e tronco, para dar movimento às pernas (linha pontilhada do molde). Feche as aberturas por onde vc encheu com plumante, e costure os braços junto ao tronco (com linha de bordado e agulha grande, faça pontos que atravessem o corpo da boneca de braço a braço, unindo os dois braços ao mesmo tempo. Dessa forma os braços ficarão articulados, ou seja, com movimento. Repita essa costura de forma a deixá-los bem firmes.
Para roupinha, costure a blusa na sequencia e medidas sugeridas no desenho. Esse é o molde utilizado na blusa da boneca modelo Frida Kahlo. Para a saia, corte um retângulo na altura de sua preferência, se quiser tapar os pés faça mais comprida. com um franzido, prenda a saia à cintura.
Para fazer o cabelo, utilize lãs coloridas.