terça-feira, 22 de novembro de 2016

LINDA, sua linda!

Tenho um costume que pode parecer piegas, mas é sincero e faz parte dos meus processos de criação. Ao finalizar um projeto, do mais simples ao mais elaborado, gosto de observar atentamente; tipo namorar, flertar, sentir o que meu coração me dirá (às vezes demora... mas ele, o coração, dá sinais)
Se ele (meu coração) responder, entendo como: ficou lindo! 
(se ele se calar, o projeto ainda não está pronto pra encantar...)


Ao planejar o primeiro Patch Encontro lugastal de Natal do ano propus às alunas interessadas um desafio: encontrá-las num shopping da cidade e juntas irmos para lugar não informado, para executarmos um projeto não apresentado previamente (como de costume) e vivermos uma tarde mágica. Desafio aceito, para minha alegria - e aumento de responsabilidade! 

Contei a elas que levaria uma boneca recém nascida, e a elas caberia a tarefa do batismo. Em poucos dias o grupo estava fechado, queria no máximo 10 pessoas ao redor da mesa, e por dias, no estúdio em Porto Alegre, preparei cada caixinha com tudo o que fosse capaz de deixar cada uma das alunas radiante. Algumas caixinhas viajaram para outras cidades, pois algumas pessoas que não poderiam estar na capital federal também quiseram se conectar conosco na nossa tarde mágica. 

#gradidão 
pela confiança de todas que acreditaram e toparam viver uma experiência desconhecida!


Nas tardes de novembro o calor de Brasília é mais ameno, e, se der sorte, a chuva também se faz presente. O lugar encantado fazia jus à expectativa: nosso Patch Encontro aconteceria no terraço do lar da Anete Carrard (Projetos Inventivos), a gaúcha que carinhosamente me convidou a dividir momentos no seu Christmas Home Tour, ocorrido na mesma semana! Um espaço onde o vento se mistura ao silêncio, um ambiente da casa onde não há móveis, tomadas (nada de carregar telefones... conexões reais MODO ON), mas abunda energia! E foi lá, com vista para o lago Paranoá, que nossa tarde se fez realmente mágica!



WELCOME GIRLS!
Na caixinha de correspondência da casa, um bilhete a cada uma das participantes. Na produção do Patch Encontro, escolhi a coleção de estampas natalinas Círculo S/A. E pra nos remeter às melhores lembranças, com cheiro de baunilha e panetone, levei na mala o Cheiro de Natal da Santho Aroma
(as alunas também levaram nas suas caixinhas mágicas!!)



E da nossa tarde super hiper gostosa nasceram dez bonecas lindas... e dessas horas de real encontro observei tantas coisas boas!  De um só projeto, dez peças diferentes, dez olhares distintos, e sorrisos sinceros! 

As madrinhas foram unânimes, e a boneca se chamará LINDA! Linda por nascer das nossas mãos, da nossa imaginação, numa soma de atributos que nos agrada e faz brilhar nosso olhar. Linda pra quem não busca conceitos de beleza, mas pra quem se permitiu sentir, imaginar, relembrar, tentar, criar. 

LINDA, sua linda!!!! Nos veremos em muitos projetos futuros!!!


Apresento as dez madrinhas com suas Lindas bonecas lindas! (a décima nos presenteou com essas fotos também lindas, e ficou atrás da lente!).


Patch Encontro lugastal - Brasília 2016
Apoio: Projetos Inventivos, Cïrculo S/A, Santho Aroma. 


Próxima edição: Porto Alegre, 30 de novembro
Informações pelo email luciana.gastal@terra.com.br


terça-feira, 15 de novembro de 2016

vou te contar uma história...


Desde cedo fui adepta das palavras datilografadas... e essa história não poderia ser contada de forma diferente!

Nunca imaginei ter uma filha aos 45 anos. Alguns dirão “você não tem mais idade pra essas coisas”; mas a vida é uma caixinha de surpresas, e cabe a nós percebermos o quanto nosso coração possibilita novas experiências! Foram literalmente meses de gestação; me perdi na contagem das semanas, talvez tenha extrapolado as 40, mas não importa! É com muita alegria que eu te apresento esta menina, que nos proporcionará momentos de total conexão com quem gostamos e fazemos! 


Depois de mais de 5 anos envolvida no mundo das bonecas estilo Tilda, e após de mais de 3.000 bonecas produzidas nos Patch Encontros lugastal e uma quantidade imensurável de bonecas nascidas através dos cursos lu gastal na Eduk,  senti que era momento de ter uma boneca com personalidade própria, que se adaptasse à inúmeras possibilidades de figurino e looks. Foram meses de referências e testes, entre diversos estilos de bonecas (tildas, waldorf, primitive dolls, etc), até chegar num formato que reunisse tudo o que considero necessário pra produção de uma bela  boneca de pano. Ao nascer ela não tinha nome, e permaneceu algumas semanas sem o devido registro; mas na última semana, em Brasília, ela foi batizada! (sobre isso falaremos mais adiante!




Em tempo: desde o início do ano venho avisando de que mudanças estariam a caminho. Pois é... a estrada muitas vezes é longa, e as conquistas lentas e graduais. O ano (que ainda não acabou) tem sido difícil, mas como tudo o que a vida nos apresenta, entre as pedras que existem pelo caminho muitas coisas bacanas acontecem, e por algumas dificuldades nao consegui sequer partilhar. A partir de hoje, uma série de posts com importantes momentos de 2016 chegarão por aqui, com o que de mais emocionante me envolveu durante o ano! (porque as dificuldades foram muitas, mas as emoções se superaram em todos os sentidos...). 


Christmas Home Tour - Projetos Inventivos