terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

e a cor escolhida é...


É fato: uma mudança demanda planejamento, e um novo rascunho, antes mesmo de sair do papel, exige um sonho. Pode parecer bobagem; mas acredito na energia, no poder das cores e respeito os momentos em que precisamos parar para observá-los. 

Por diversos motivos reestruturamos a formatação do estúdio lugastal, e, tenha certeza, tudo foi planejado em detalhes para atender as demandas da marca lugastal com qualidade e inovação! E para dar a partida dessa reestruturação, o "pontapé inicial" era a mudança da nossa parede - leia-se "cartão de visitas do estúdio lugastal" (é dela que nossos visitantes dos mais diversos pontos do país levam suas recordações e selfies!). 

Pra primeira parede do estúdio (quando inaugurou em 2010), ainda no sobrado antigo, escolhi a cor verde pistache e utilizei elementos que me traziam bons fluidos - dois espelhos e um porta chaves que me são muito queridos - e pra complementar um mix de pequenos espelhos em diferentes molduras. Pra mim o espelho reflete o que sentimos, logo, é através dele que podemos transmitir coisas boas. Dois anos depois, em nova decor, a parede verde deu lugar ao azul (o hoje tão badalado azul-cor-de-caixinha-de-joalheria-famosa). Por quase dois anos, aquela cor linda fez parte do dia-a-dia no estúdio lugastal...Eis que chegou o dia de nos despedirmos do gostoso sobrado n.434, e, ao irmos para a vizinha casa de n.369, escolhi  o amarelo ensolarado pra decorar a parede. O mix de molduras com pequenos espelhos tomaram as paredes de lojas do ramo e por aqui já não tinham lugar, porém, do trio "espelhos e porta chaves) não abri mão. A parede amarela ganhou a companhia de três porta retratos onde, ao invés de fotos, coloquei ilustrações feitas por uma artesã francesa - e molduras em washi tapes deram um toque especial. Aquele amarelo também foi excelente companhia nos últimos 2 anos... mas pra iniciar o 2016 era preciso escolher uma nova cor. Não pensei muito, mas ao fechar os olhos enxergava uma parede cor de rosa. Sim... cor de rosa, mas logo eu, uma anti-barbie-de-carteirinha?!? Ok... aos 44 anos já me sinto com licença poética para esse tipo de escolhas - e decidi que a nova parede do estúdio lugastal seria cor de rosa. Sem sustos, mas também sem alusões ao rosa queridinho do momento, eleito pelo Pantone como a cor do verão (o rosa quartz que me perdoe... mas acho que dele eu logo enjoaria). E na família dos "ROSA", optei por um tom mais pastel, o ROSA ALGODÃO DOCE pra nos acompanhar pelos próximos tempos! Confesso que na loja de tintas eu amei, e quando foi dada a primeira demão na parede eu quase desmaiei - o rosa em cima do amarelo desapareceu. Mas... com paciência e perseverança, nada como um dia, ops... uma demão após a outra! Feliz, adorei o resultado!

Ah... no início dessa história eu não sabia exatamente a cor da parede, mas escolhi os elementos que seguiriam e quais seriam trocados. E da cartela de botões que aparece nessa foto iniciou-se todo o "rabisco da nova parede". 

Um comentário:

Juni disse...

Oi Lu, mostre-nos as novas cores e a nova cara do estúdio!
Beijinhos, maravilhoso dia pra ti.