quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

a receita linda dos melhores biscoitos do mundo!

Eles já estiveram em capa de revista, matérias de jornal, blogs, festas de aniversário, casamentos, batizados, domingos de Páscoa, encontros de Natal, dia das mães, halloween, patch encontros lugastal, ... e na mesa de muitas famílias! O mais bacana de toda essa história são as amizades que essa receita de vó já me proporcionou!!!!

Nesse post, em 2010, contei um pouquinho sobre a minha história dos biscoitos de mel, por onde já andaram (para ler, clique AQUI) e, principalmente, porque são chamados OS  MELHORES BISCOITOS DO MUNDO (batizados pelo Lorenzo, filho da amiga Ana Matusita).

No decorrer dos anos diversas ações já foram feitas, proporcionando uma conexão muito bacana de pessoas que curtem bons e gostosos momentos. Quantas fotos lindas já recebi; quantas palavras já me roubaram lágrimas... isso tudo é energia, e, principalmente, um privilégio!


Hoje apresento à vocês, com açúcar, mel, gengibre e afeto,  
 A RECEITA ILUSTRADA DOS MELHORES BISCOITOS DO MUNDO !

Nesse final de ano eu queria muito preparar algo especial, pra confraternizar com todos que curtem "os biscoitos de mel da lu gastal"e o propósito de fazer em casa e presentear com carinho; no comércio de Porto Alegre garimpei itens que costumo usar na produção dos biscoitos (cortadores, colheres e fofurices), e com o apoio carinhoso e super especial da artista Hyali Barros (que ilustrou a receita, deixando-a ainda mais gostosa!) e das parceiras Shopfesta (endereço virtual que recorro quando preciso coisas diferentes pra decorar), preparei um kit super-hiper-gostoso&especial que será sorteado após as festas desse final de ano.

Pra participar é muito fácil, não requer nenhuma habilidade manual ou culinária; só requer um pouquinho de atenção na leitura das regrinhas!!!

1. assistir ao vídeo "os melhores biscoitos do mundo" no CANAL LUGASTAL DO YOUTUBE - clicar AQUI (aproveite e se inscreva no canal para receber as novidades)
2.  residir em território nacional.
3.  ter perfil no instagram e compartilhar, até o 5 de janeiro/2017  uma foto dos seus biscoitos. Importante: USE AS HASHTAGS  
#osmelhoresbiscoitosdomundo 
#osmelhoresbiscoitosdomundolugastal 
#natallugastal 
4. se quiser a receita ilustrada, deixe seu comentário NO V'ÍDEO ACIMA INDICADO, NO CANAL LUGASTAL, com seu email; 
_____________________________________________

ATENÇÃO: 

- Permita-se brincar e se divertir! apenas uma foto compartilhada será contabilizada no sorteio, portanto, escolha a que achar mais especial
- não é preciso marcar amigos no seu compartilhamento nem curtir as redes sociais lugastal (curto seguidores de coração, não por imposição!)
- até a meia noite do dia 06 de janeiro de 2017 será sorteado entre os participantes que atenderem às regras acima descritas, um KIT para fazer biscoitos. O sorteio será compartilhado no STORIES do instagram lugastal.
- esta promoção é de responsabilidade exclusiva da empresa lugastal;
- o sorteio será realizado da forma mais antiga e sincera: um papel com cada nome de perfil do instagram que postar a foto com as hashtags será escolhido  (o sorteado deverá enviar inbox endereço para envio do kit).
- o kit será enviado até o dia 10 de janeiro/2017 (via correios - PAC)


Então tá! Entendeu direitinho?  Assiste o vídeo lá no CANAL LUGASTAL, e mãos na massa! 
A receita completa está aqui:

Ingredientes da massa:
*1 xícara manteiga sem sal

*1 xícara açúcar

*1 colher (sopa) gengibre em pó
*1 colher (chá) canela
*1 colher (chá) cravo moído em pó
*1/2 xícara mel
*1/2 xícara água
*4 xícaras farinha de trigo
*1 1/2 colher (chá) bicarbonato de sódio
*1/4 colher (chá) sal

Ingredientes do glacê

* 3 claras
*caldo de dois limões
*750 g açúcar confeiteiro
*corantes alimentícios
Como fazer #osmelhoresbiscoitosdomundo :
- coloque a manteiga numa tigela grande. Enquanto isso, despeje numa panela o açúcar, o gengibre, a canela, o cravo e o mel, além da água. Misture tudo até ferver.
- tire do fogo e despeje em cima da manteiga, mexendo até que a mesma derreta.  
Resfrie em banho-maria (numa tigela com água e gelo). 

Depois de frio, adicione à mistura a farinha, o bicarbonato, o sal, e misture bem.

- c

ubra e leve à geladeira por no mínimo 6 horas. 
Depois desse tempo na geladeira, abra a massa em uma superfície com farinha de trigo, até que fique com aproximadamente 0,3 cm de espessura.

- leve ao forno pré aquecido por 12 a 14 m
inutos (14 se quiseres que fiquem mais crocante).  
Use a criatividade e corte os biscoitos com seus cortadores preferidos 

- decore com glacê em cores de sua preferência. se não tiver o saco de confeitar, coloque o glacê num saco plástico (ou celofane) e faça um mínimo furo na ponta!


segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

gratidão - palavra que conecta!



No finalzinho do post Conexões & Cores na nova coleção de tecidos lugastal há uma foto, mais precisamente um cartaz, com uma única e preciosa palavra: #gratidão. Palavra mágica, palavra que nos conecta ao que temos de melhor a dar e receber. Feliz daquele que consegue conjugar o verbo AGRADECER! 


O evento de lançamento da coleção de tecidos lugastal para Fernando Maluhy aconteceu porque havia muitas pessoas gratas, em mútua troca de carinho e energia, cores e criatividade, artesanato e design. 


Estúdio lugastal -  Anaí Monteiro, Kátia Volkmer e Marta Brenner







 Escola Técnica José Rocha Mendes - Vagner Cavalheiro











#gratidão
à cada um que trabalhou, participou, prestigiou  e mandou boas energias!!!! Que essas coleções se multipliquem em inúmeros projetos dos mais variados segmentos!

Assista o vídeo no canal lugastal - clique AQUI



quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

conexões & cores na nova coleção de tecidos lu gastal

Felicidade define! Apresentar a nova coleção de estampas lu gastal para Fernando Maluhy  nos 45 minutos do segundo tempo de 2016 foi um baita privilégio. Mais do que chegar no finalzinho do ano com novidades para o mercado têxtil/artesanal, a concepção dessa coleção foi fruto de um processo de observação e buscas, pessoais e de tendências, num misto de energia e reencontro que me fez muito bem! Foi um longo processo de criação, que teve início no final do ano passado, numa viagem que fiz com a família para o árido deserto do Atacama. Lugar incrível, cuja aridez apresenta um novo visual a cada dia e a cada lugar -  do nascer do sol, seja do artesanato, da simpatia do povo local - a simplicidade e energia daquele lugar são pura mágica!


O quinto andar do prédio onde está a sede da empresa Fernando Maluhy me permitiu descrever esse processo criativo da forma mais autêntica: numa sala verdadeiramente retrô, belo exemplar da arquitetura dos anos 60, com grandes janelas por onde ecoam as vozes da intensa 25 de março e piso de ladrilho hidráulico. Frações dessa criação foram distribuídas entre fotos, objetos e alguns trechos do meu diário de viagem. 








   

 Essa estrada fica num dos lugares mais incríveis - o Vale da Lua. Parece uma estrada qualquer...  mas pra mim simbolizou tudo o que eu precisava entender; era hora de dobrar, à direita ou à esquerda, talvez voltar algumas casas, mas, sobretudo, reencontrar a essência do meu trabalho. 
Mas sobre isso ainda falarei no decorrer do mês!


 fotos Fer d`Andrade

Leia também o post sobre o evento no blog Artesanato e Ponto - Eduk - AQUI


terça-feira, 22 de novembro de 2016

LINDA, sua linda!

Tenho um costume que pode parecer piegas, mas é sincero e faz parte dos meus processos de criação. Ao finalizar um projeto, do mais simples ao mais elaborado, gosto de observar atentamente; tipo namorar, flertar, sentir o que meu coração me dirá (às vezes demora... mas ele, o coração, dá sinais)
Se ele (meu coração) responder, entendo como: ficou lindo! 
(se ele se calar, o projeto ainda não está pronto pra encantar...)


Ao planejar o primeiro Patch Encontro lugastal de Natal do ano propus às alunas interessadas um desafio: encontrá-las num shopping da cidade e juntas irmos para lugar não informado, para executarmos um projeto não apresentado previamente (como de costume) e vivermos uma tarde mágica. Desafio aceito, para minha alegria - e aumento de responsabilidade! 

Contei a elas que levaria uma boneca recém nascida, e a elas caberia a tarefa do batismo. Em poucos dias o grupo estava fechado, queria no máximo 10 pessoas ao redor da mesa, e por dias, no estúdio em Porto Alegre, preparei cada caixinha com tudo o que fosse capaz de deixar cada uma das alunas radiante. Algumas caixinhas viajaram para outras cidades, pois algumas pessoas que não poderiam estar na capital federal também quiseram se conectar conosco na nossa tarde mágica. 

#gradidão 
pela confiança de todas que acreditaram e toparam viver uma experiência desconhecida!


Nas tardes de novembro o calor de Brasília é mais ameno, e, se der sorte, a chuva também se faz presente. O lugar encantado fazia jus à expectativa: nosso Patch Encontro aconteceria no terraço do lar da Anete Carrard (Projetos Inventivos), a gaúcha que carinhosamente me convidou a dividir momentos no seu Christmas Home Tour, ocorrido na mesma semana! Um espaço onde o vento se mistura ao silêncio, um ambiente da casa onde não há móveis, tomadas (nada de carregar telefones... conexões reais MODO ON), mas abunda energia! E foi lá, com vista para o lago Paranoá, que nossa tarde se fez realmente mágica!



WELCOME GIRLS!
Na caixinha de correspondência da casa, um bilhete a cada uma das participantes. Na produção do Patch Encontro, escolhi a coleção de estampas natalinas Círculo S/A. E pra nos remeter às melhores lembranças, com cheiro de baunilha e panetone, levei na mala o Cheiro de Natal da Santho Aroma
(as alunas também levaram nas suas caixinhas mágicas!!)



E da nossa tarde super hiper gostosa nasceram dez bonecas lindas... e dessas horas de real encontro observei tantas coisas boas!  De um só projeto, dez peças diferentes, dez olhares distintos, e sorrisos sinceros! 

As madrinhas foram unânimes, e a boneca se chamará LINDA! Linda por nascer das nossas mãos, da nossa imaginação, numa soma de atributos que nos agrada e faz brilhar nosso olhar. Linda pra quem não busca conceitos de beleza, mas pra quem se permitiu sentir, imaginar, relembrar, tentar, criar. 

LINDA, sua linda!!!! Nos veremos em muitos projetos futuros!!!


Apresento as dez madrinhas com suas Lindas bonecas lindas! (a décima nos presenteou com essas fotos também lindas, e ficou atrás da lente!).


Patch Encontro lugastal - Brasília 2016
Apoio: Projetos Inventivos, Cïrculo S/A, Santho Aroma. 


Próxima edição: Porto Alegre, 30 de novembro
Informações pelo email luciana.gastal@terra.com.br


terça-feira, 15 de novembro de 2016

vou te contar uma história...


Desde cedo fui adepta das palavras datilografadas... e essa história não poderia ser contada de forma diferente!

Nunca imaginei ter uma filha aos 45 anos. Alguns dirão “você não tem mais idade pra essas coisas”; mas a vida é uma caixinha de surpresas, e cabe a nós percebermos o quanto nosso coração possibilita novas experiências! Foram literalmente meses de gestação; me perdi na contagem das semanas, talvez tenha extrapolado as 40, mas não importa! É com muita alegria que eu te apresento esta menina, que nos proporcionará momentos de total conexão com quem gostamos e fazemos! 


Depois de mais de 5 anos envolvida no mundo das bonecas estilo Tilda, e após de mais de 3.000 bonecas produzidas nos Patch Encontros lugastal e uma quantidade imensurável de bonecas nascidas através dos cursos lu gastal na Eduk,  senti que era momento de ter uma boneca com personalidade própria, que se adaptasse à inúmeras possibilidades de figurino e looks. Foram meses de referências e testes, entre diversos estilos de bonecas (tildas, waldorf, primitive dolls, etc), até chegar num formato que reunisse tudo o que considero necessário pra produção de uma bela  boneca de pano. Ao nascer ela não tinha nome, e permaneceu algumas semanas sem o devido registro; mas na última semana, em Brasília, ela foi batizada! (sobre isso falaremos mais adiante!




Em tempo: desde o início do ano venho avisando de que mudanças estariam a caminho. Pois é... a estrada muitas vezes é longa, e as conquistas lentas e graduais. O ano (que ainda não acabou) tem sido difícil, mas como tudo o que a vida nos apresenta, entre as pedras que existem pelo caminho muitas coisas bacanas acontecem, e por algumas dificuldades nao consegui sequer partilhar. A partir de hoje, uma série de posts com importantes momentos de 2016 chegarão por aqui, com o que de mais emocionante me envolveu durante o ano! (porque as dificuldades foram muitas, mas as emoções se superaram em todos os sentidos...). 


Christmas Home Tour - Projetos Inventivos

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

turistando no centro histórico

Pra quem leu o post anterior - turistando na cidade baixa, hei de confessar que, entre o almoço e o fim de tarde  no charmoso bairro, dei uma esticada até o centro histórico. É claro que o tempo se limita à escolhas, mas não vou ao centro sem a velha e boa passadinha no Mercado Público (reabastecer a lata de erva mate e garimpar coisas gostosas com preços menos exorbitantes é sempre bom!). Confesso que muitas vezes já fui ao mercado com qualquer desculpa, quando, na verdade, só queria devorar a banana split da Banca 40; que agora chegou mais pertinho da minha casa e posso ir a pé...

Mas o que realmente me levou a pisar rapidamente no centro foi a exposição
 Simões Lopes Neto - onde não chega o olhar prossegue o pensamento

Estive na abertura da exposição; evento super prestigiado onde reencontrei amigos da cidade que me recebeu ainda jovem (de Pelotas trago anos de vida e aprendizado, amigos muito queridos, meu amor e duas filhas. Embora seja filha de Cachoeira do Sul, também tenho Pelotas como querência). Mas na noite de encontros o tempo passou "ligeiro como um gato" e deixei pra observar posteriormente o  mundo do escritor, o tempo da sua existência e seu legado.

(acho que o click quando descíamos as escadas foi pra mostrar que apagamos as luzes?!)

Mas então... voltei pra curtir com calma cada fração dessa história! Além da trajetória do escritor, a exposição compreende a família, o universo mítico das Lendas do Sul e o regionalismo dos Contos Gauchescos. Entrar no hall do Santander Cultural é sempre muito bacana, e dessa vez a grande tela te transporta aos pampas gaúchos!



sintonia: Pelotas = Vitor Ramil = estética do frio = satolep


Numa grande parede com palavras imantadas, o visitante pode criar sua frase 
(mas antes, porém, precisa entender algumas palavras do dicionário "gauchês"):
- gaudério: gaúcho de nascença
- despacito: devagar, com calma
- peleia: briga, luta, disputa.
- guaiaca: cinto com bolsos de couro
- querência: terra natal


E como (lá dentro) caiu a noite, me despedi no maior estilo turista, com uma das minhas pelotenses preferidas:  Laurinha, nascida numa madrugada gelada de inverno, ao sopro do vento minuano!

------------------------------

#ficaadica - 1:  a exposição  ficará no Santander Cultural até 18 de dezembro. Aproveite que a Feira do Livro tá chegando e reserve o tempo - cada minuto valerá a pena! 

#ficaadica - 2: Não deixe de dar uma esticadinha até o subsolo do Santander Cultural;  alegrar os olhos com os produtos de criação na Koralle (tintas, pincéis, canetas e outras lindezas que eu adoro!!!) e tomar um cafezinho no cofre (sim, o Café do Cofre do Santander é inusitado e super charmoso)


------------------------------


 #naestradacomlugastal
no instagram #lugastal têm mais fotos - clique AQUI

domingo, 23 de outubro de 2016

turistando na cidade baixa

Saí pra viajar pela cidade onde moro. Tipo turista, sabe?!?! Seguidamente me pego pensando: quantos lugares bacanas pertinho de mim; semana vai, semana vem, e o tempo engole meus planos de desbravamentos locais. Então decidi que ninguém, além de mim, poderia mudar essa situação. O tempo é um só, cada um de nós tem seus afazeres, compromissos, desejos, etc; mas organizando, é possível sim! (aliás, esse será tema de outro post futuro... organizar/otimizar tempo é um assunto que ainda não dominei).

Destino escolhido: CIDADE BAIXA.

 Já conhecia, obviamente;  mas um bairro repleto de coisas bacanas pra se ver e fazer sempre é boa pedida. Pra quem não conhece, eu apresento: a cidade baixa é uma cidade do interior no meio de Porto Alegre! Também conhecido como o bairro boêmio, concentra bares, botecos, cafés e baladas descoladas e, para o público "do dia" também se diverte: o pessoal sai de casa, anda de bike, bate papo com os vizinhos, senta à beira da calçada pra tomar um cafezinho. Muros grafitados, cenas divertidas e inusitadas dividem a cena com casas antigas em clima de "good vibes". 

Como me propus a turistar, caminhei bastante, mas havia duas paradas estratégicas na wish list: Studio dos Aromas e Agridoce Café.


O almoço foi no Studio dos Aromas - quem segue lugastal nas redes sociais já deve ter curtido fotos de lá! (pesquise pela #studiodosaromas).  É preciso atravessar a pequena porta da casa n.549 (rua João Alfredo) pra se deliciar com a decoração, a energia, e, obviamente, o cardápio local! O menu do dia é fixo (muda a cada mês) e distribuído em entrada/prato principal/sobremesa. Vá se pressa e reserve o tempo necessário para degustar cada momento!! (no blog Roteiro da Sara também têm dicas bacanas do local!)


#ficaadica: não deixe de passear pela casa, nem se intimide em subir as escadas - há um mundo de recordações culinárias, criativas e afetivas também no segundo andar, sem falar no jardim externo, que é um charme! Diversos objetos e paredes pintados a mão e décor recheada de memórias. 



 (arte da Virginia Giulian - décor  Li Puente)

#goodvibes - a parede de "fundos"do studio é incrível! Não dá pra se despedir sem passar por aqui!!!

----------------------------------------

SEGUINDO A ESTRADA... 

Entre caminhadas e descobertas pela tarde, a próxima parada foi no lugar que eu queria muito conhecer! Já tinha tentado visitar numa segunda-feira, mas a casa funciona de terça a domingo. Agridoce Café, muito prazer

Procure a casa de n. 1024 da Rua Sarmento Leite; e entre sem nada esperar, porque lá tudo é incrível! Cada detalhe te remeterá a algum momento da vida, seja lá qual estilo for a sua! Um misto de casa de vó com café, de passado com presente; e paredes literalmente repletas de histórias! Vários ambientes, todos conectados numa energia incrível (o cardápio também é um capítulo à parte).




 #ficaadica: antes de se acomodar à mesa, balcão ou sofá, desfrute de cada pedacinho da casa!






#gentilezageragentileza: adorei a ideia do CAFÉ PENDENTE!


----------------------------------------------------

 #naestradacomlugastal
no instagram #lugastal têm mais fotos - clique AQUI