terça-feira, 26 de agosto de 2014

up!


(foto Glau Macedo)

Não me considero uma pessoa monotemática, mas, como no último post, falarei novamente sobre os filhos, mais precisamente sobre o dia em que os filhos saem de casa, e vão para longe - muito longe. Sendo ainda mais clara, quero dividir a dor desse momento em que o mundo "engole" os filhos da gente!!!! 

Sabe aquela conversa bla bla blá de que "criamos os filhos para ao mundo"?? Pura mentira! Eu até concordava com essa bobagem, dividindo minhas guriazinhas nas férias com as avós, a família, os amigos; achava salutar. Até que um dia, mais precisamente ontem, o mundo, este universo poderoso de oportunidades e descobertas, levou minha Laurinha para uma experiência de estudos muito longe de casa - mais precisamente, longe de mim. Na verdade ele não levou... ela foi por vontade própria; a realidade é que o tempo passou, meus bebês calçam tênis n.38 e cá estou em busca de entender o que é óbvio - os filhos devem seguir seus caminhos. 

Dias de coração apertado nesse processo antes-durante-depois despedida (vocês sabem, eu odeio despedidas!!!). Então tá... a vida segue e amanhã é recém quarta-feira!!!! 

................................................................................

P.S: senti saudade!!! O blog lugastal foi hackeado, e essa "visita" indesejada gerou estragos; por isso, fiquei intermináveis 20 dias fora do ar, contando as horas pra voltar. Feliz em estar de volta!


terça-feira, 5 de agosto de 2014

o que realmente vale...

Já falei várias vezes no blog - os aniversários na minha casa nunca passam batidos - sempre se dá um jeitinho de comemorar, independente de que forma. Não me venham com conversa de falta de dinheiro, estou muito ocupada ou blábláblás do gênero - nada é motivo pra passar em branco o aniversário dos filhos, afinal, saúde é uma bênção e precisamos, sim, agradecer e confraternizar!

Em março, quando a caçula Lulu assoprou 13 velinhas, a mãe dela estava numa correria louca; mais precisamente, a data festiva aconteceu um dia (SIM, APENAS UM DIA) após a inauguração do estúdio lugastal na casa nova. Mas o que a aniversariante tinha a ver com inauguração de casa nova, cansaço da mãe ou assuntos afins? NADA. Festinha surpresa a aguardou ao chegar do colégio, no maior estilo do improviso e correria - uns balões distribuídos pela casa; comes e bebes deliciosamente preparados pela pizzaria - viva a tele entrega. E a diversão rolou sem restrições!!!!

E parece que foi ontem (e não foi???); eis que os filhos insistem  em crescer... pra mim a Laura a recém fez 15 anos (tem vídeo do makinf off dos 15 da Laurinha no canal lugastal do youtube - clica AQUI); mas na semana passada, os 16 bateram na porta de casa. A dupla (de filhas que insistem em crescer) estavamcomigo em São Paulo (yes... eram férias escolares, mas penso que os filhos têm de saber o quanto a gente rala pra cuidar deles; por isso, eles podem trabalhar conosco também, não podem?). Voltando ao assunto sem perder o foco em 3...2...1: último dia da feira Mega Artesanal, mais de 120.000 visitantes na feira durante os 5 dias, e a quase aniversariante COMUNICA: "mãe, segunda vamos fazer um piquenique". Silêncio, jurei ter ouvido vozes... chegaríamos em casa domingo à noite, casa fechada, geladeira vazia... quais as possibilidades de acontecer um piquenique de aniversário na segunda à tarde? TODAS! Ela é minha filha, e, como eu, tem mente inquieta e, juntamente com a irmã, pôs as mãos na massa! Tarefas divididas - elas cuidariam dos comes e bebes, eu do resto (leia-se, decor de mamãe Luciana).

Eis que a segunda-feira chegou... começou gelada e ensolarada - presente da natureza! Pontualmente no horário combinado busquei a dupla e fomos para o parque; minha parte do combinado estava cumprida - hora de um rápido check list: 
1. toalha de piquenique OK (com tecidos lugastal, é claro!)
2. cesta de piquenique: sanduíches, chá e suco OK 
3. balões OK (posso estar exausta, mas não abro mão do quesito surpresa!)
4.  roupa confortável
5.amigas(os)  AND quem mais quiser convidar - OK
6. Sol-  OK (yes!!!!!)

eu acredito na força do dito popular "filha de peixe, peixinho é"


e "ontem"essa lousa estava na mesa dos 15 anos - assista o vídeo FICA, VAI TER BOLO!



O que realmente vale é a ENERGIA que colocamos em cada detalhe!


Que Deus te abençoe sempre, meu amor! Feliz aniversário!