segunda-feira, 26 de maio de 2014

Um dia sem pressa...

Essa foi a proposta, seguida à regra pelos convidados! Hashi na Fazenda Petim proporcionou um domingo inspirador, saboroso, aconchegante, sensorial... 
Cada detalhe do cardápio minunciosamente pela equipe do chef Carlos Kristensen, cada detalhe da decoração preparado com muito carinho no estúdio lugastal. Tudo, absolutamente tudo, feito a mão!

As fotos traduzem a atmosfera do domingo com gostinho de milho assado e doce de leite!












quarta-feira, 14 de maio de 2014

Campanha: COSTURE O BEM!


Tudo começou num piquenique de aniversário, mais precisamente, quando assoprei 41 velinhas. Como todo programa craft-outdoor-delícia que se preze, levamos nossas comidinhas na cesta de vime, esticamos as boas e velhas colchas na grama, conversamos, rimos, e costuramos. Nasceu naquele sábado há dois anos atrás a ideia de produzirmos uma colcha, toalha ou alguma peça do gênero, a ser  leiloada. No decorrer dos meses seguintes, recebemos alguns blocos pelos correios, que vieram em forma de carinho de outras crafters espalhadas pelo Brasil. Porém a ideia não estava madura, e como há projetos que merecem um cuidado especial,  guardei os blocos numa caixinha especial. 

Nesse janeiro, na mudança do estúdio lugastal, abri a caixa e lá dentro encontrei todo aquele carinho. Entre outras surpresas que se encontra nessas horas, me deparei com uma enorme caixa plástica com tiras de tecidos, verdadeiros pedaços da trajetória lugastal (tecidos nacionais, importados, neutros, coloridos, lisos, florais, listrados; todos com história e lembranças)!  Minhas filhas estavam muito longe de mim, ensaiando experiências para a vida adulta, então reservei as noites pra aliviar a saudade, produzindo rolinhos de tecidos com aquelas preciosidades coloridas descobertas. 

Logo chegou fevereiro, e na festa de aniversário do Patch Encontro lugastal as alunas  foram convidadas a aderirem à campanha COSTURE O BEM - receberam seu rolinho de tecido com uma missão:  costurar um quadradinho com medida entre 20X20cm, 25X25 ou 30X30cm. Costure a máquina, costure a mão,  - sem regras, com muito amor e inspiração! No último sábado, novamente as alunas do Patch Encontro de Porto Alegre receberam seu rolinho de tecidos do bem, e aos poucos já estão chegando quadradinhos e blocos lindos, fruto do amor e criatividade de todas vcs (a foto acima é prova linda e colorida disso)!!!!! 

Aqui está o convite e todas vocês, de todo país, são nossas convidadas: participe da campanha COSTURE O BEM e divida conosco um pedacinho do teu coração.  Quem mora em Porto Alegre, passe no estúdio lugastal e peça o seu rolinho de tecidos do bem. Quem mora longe e quiser participar, costure com tecidos que tiver em casa, e envie seu quadradinho até o dia 12 de junho para "Estúdio lugastal  - rua Eudoro Berlink 369 - Bairro Auxiliadora, Porto Alegre CEP 90450030". 

Todo esse amor em forma de quadradinhos coloridos será costurado pela equipe lugastal, formando um patchwork de experiências, de cores, de carinho e de solidariedade. A peça finalizada será leiloada ou rifada, e  a renda do leilão será doada para uma instituição de caridade. Na entrega, todas as participantes serão convidadas para esse momento, inclusive quem mora longe (aguardem que no decorrer da campanha vamos falando da novidade).



No facebook será criado o grupo COSTURE O BEM e a conversa seguirá por lá, ok?

Tá feito  o convite, topas costurar conosco?


beijos


Lu 









quarta-feira, 7 de maio de 2014

O primeiro dia das mães a gente nunca esquece!



Foi em maio de 1999 que ganhei minha primeira Singer. Mãe há menos de um ano, curti com todo o meu amor aquele momento de ser presenteada na data especial! Era final de uma sexta-feira chuvosa e fria, e ao chegar em casa estava lá, uma  caixa grande envolvida por um também grande laço, e, sentadinha ao lado, a pequena musa inspiradora da mamãe! Não lembro do que gostei mais-  se foi ganhar um presente numa caixa maior do que a filha, ou a expectativa de, finalmente, “pilotar”minha nave espacial! Sim, pra mim uma máquina de costura era quase uma nave espacial – eu  não sabia nem onde ligar, tampouco como escolher pontos, ou pra que lado deslizar o tecido. Mas dentro da caixa havia também um manual de instruções, e uma fita de VHS (ehhhhhh olha o tempo aí, gente!!!) com todas as dicas de utilização do presente poderoso!

Foi com a Singer Bella que comecei minhas viagens no universo craft, e de lá nunca mais parei! Depois chegou outra, uma Quantum 9040 , e depois chegaram várias outras; mas como uma boa Singer, minha Bella continua firme e forte, e embora não seja tão silenciosa quanto as máquinas modernas, nunca me deixa “na mão” e, mesmo que sua pintura branca já sinta os efeitos do tempo, ela es tá sempre linda, ou melhor, bella! Por isso, pra comemorar com vcs o dia das mães 15 anos depois, no último domingo preparei esse post na minha casa, mais precisamente no meu ateliê itinerante (a sala de jantar), a bordo da minha Singer Bella, recheada de histórias e lembranças gostosas!  Pra compor com o almoço preparado pela família, afinal, cabe à mim (a mãe que não cozinha) uma mesa bem posta e o pós almoço, vulgarmente chamado como “momento lavar a louça”.  E vamos que vamos! 

Nessa história minha família aumentou, hoje "somos 5 lugares sentados à mesa" e, entre todos os percalços da vida normal, costuramos nossa história com muito amor e respeito!

Vai preparar no próximo domingo um café, brunch ou almoço  especial? Não precisa gastar a maior grana; a décor feita com carinho tem muito mais amor! A dica lugastal é preparar porta talheres em patch+Love+work!


No blog MINHA SINGER - tem passo a passo , é só clicar AQUI!