quinta-feira, 6 de março de 2014

te encontro na esquina da Eudoro com a Mariland, Ana!

Nessa semana de tantas emoções, em que nos despedimos do nosso sobrado fofo e gostoso, e seguimos nosso caminho e nossa história num novo sobrado, maior e com mais aconchego para nossas clientes, receberei a visita especial de pessoas que fazem parte da história lugastal, desde o início. Isso é mais do que um presente, é a certeza de que cada conquista é válida, sobretudo as que fazemos com a simplicidade do dia-a-dia (a vida como ela é!). 

A Ana Paula Cavalari virá de Vitória (ES), e trará pra gente suas Anitas lindas e seu carinho! E o post de hoje é escrito por ela!


Conheci a Lu pouco tempo antes da inauguração da sua loja. Fizemos o primeiro contato no flickr, através de uma foto das minha bonecas, as Anitas. Então, fui caminhar por entre seus post do blog e a identificação veio certeira. Estávamos em momentos parecidos, estávamos em ponto de vida próximos, estávamos na mesma esquina... embora ela tenha escolhido uma esquina de avenida na capital do Rio Grande do Sul, e eu, uma esquina aqui do meu bairro mesmo... Mas a troca de profissão e a total aceitação disso era o ponto em questão. Ela, uma advogada decidindo ser artesã e eu uma veterinária caindo nas graças do artesanato. Motivos parecidos também: o coração e a família.

Com o link feito a parceira começou... conversas, emails, desabafos, e as coisas tomavam forma daqui e de lá. Eu me vi feliz com o que eu pude fazer e me surpreendi com o que ela tem feito. Aos poucos eu costurei minhas idéias e fui caminhando e vi a Lu, de post em post, batalhando por seus sonhos. Momentos tenso passaram, momentos chatos ela engoliu e outros vomitou, mas continuou sempre se superando e aprendendo. Eu a vi uma artesã ansiosa provando a si mesma que a advogada tinha feito o contrato certo e aos poucos, com muitos quilomtetros, fotos, paninhos, idéias, vôos, dedicação, escolhas, superação, parcerias, malas, força, tempo, textos, buscas, amizades, trabalho, trabalho, trabalho estou vendo, hoje, a empreendedora segura e serena.

Sou uma pessoa simples, gosto de ser próxima das pessoas e quando vejo uma brecha, vou entrando. Chamo a Luciana Gastal de loira linda... hihi... assim, do meus, mísseros 1,58 eu fico menos tímida perto dela. Mas tem vezes que a chamo mesmo de Lu a polva, com seus muitos braços, poque fico admirada com tanta coisas que ela abraça e coloca para frente. Haja fôlego, haja disposição, haja garra. Agora que me toquei... haja garra!!! agora vou chama-la de lu leoa... porque ela sabe mostrar a que veio.

Ao longo de tempo eu tive outra escolha e me afastei do artesanato. Minha princesa nasceu. A distancia dos meus paninhos não me afastaram das amizades e segui admirando seus passos. Confesso que, as vezes, senti inveja de tanta dedicação ao sonho, as cores, as formas, as idéias, a tudo que ela estava fazendo florescer. Mas cada um tem seu tempo e sua história. Na história do artesanato, do hand made, do empreendedorismo a Lu cresceu de uma forma tão firme e forte que eu fico feliz  em ver onde podemos chegar quando se arregaça as mangas e trabalha intensamente.

Tive um professor que sempre perguntava o que a gente fazia da meia noite as seis... hoje eu tenho certeza que preciso dormir para aguentar o tranco, mas tenho outra certeza também, a Lu fica matutando! Ela fica ligada, porque tem tanta idéia naquela cachola loira que não dá para digerir e organizar em 24 horas. É preciso mais, muiiito mais. Ela foi inventando tanta coisa bacana, tantos projetos para seguir que só poderia dar nisso... precisa de lugar maior para colocar suas raízes já tão grossas. Mais um projeto nasce, mais um sonho alcançado e, pelo que já conhecemos dela, vem com muito recheio. Ahhh, como eu queria morar mais pertinho para aproveitar tanta energia e aprontar junto. Então... eu fico por aqui, desejando muito mais esquinas para ela dobrar e nos trazer emoções! Brilha Lu e nos surpreende sempre! beijos com gosto de conversinha de esquina...  

Obrigada, Ana, pelo carinho! Agora vou dormir pq tá tarde! risos...

p.s: quem nos visitará nessa semana festiva e  quiser partilhar aqui no blog suas palavras, mande o texto para luciana.gastal@terra.com.br. Quem não puder vir e estiver perto da gente, escreva também! ah, mandem fotos!

Nenhum comentário: