quarta-feira, 10 de julho de 2013

Cores no inverno lugastal - parte II

Quem leu o post "cores no inverno lugastal" vai lembrar que, no ano passado, a árvore defronte à loja-agora estúdio lugastal recebeu voltas e mais voltas de lã, e ficou quentinha por várias semanas. O verão chegou, ela respirou, e agora chegou novamente a época de deixá-la gostosa e colorida, ato perfeito para alegrar os cinzentos dias de inverno no sul. 

O projeto de 2013 foi um pouquinho diferente, e passou por várias cidades. Começou em Erechim, quando uma amigona me relembrou os pontos de tricô (eu tricotava muito na época do colégio/universidade, mas há anos não fazia, nem lembrava como colocar pontos na agulha!). Chegando em casa, logo reuni todos os novelos de lã que tinha e calculei mentalmente a quantidade de pontos pra cobrir a árvore "do estúdio lugastal". A escolha de cores foi totalmente aleatória, e por vários dias passei bons momentos tricotando o cartão postal do nosso inverno.

Viajei novamente, e lá se foi a roupa da árvore na mala (sim, tive de despachar a bagagem; seria impossível  e desnecessário explicar ao agende do raio X a necessidade de carregar agulhas longas e pontudas no avião - minhas chances de convencimento eram previamente nulas!!!!). O tricô andou pelo interior paulista, voltou para os pampas, e foi crescendo rapidamente, após dois fins-de-semana de pontos rápidos e  intensos! Num domingo, saindo da igreja, passei com minha mãe pelo estúdio, e ela não demorou pra adivinhar o que lá faríamos naquela manhã gelada de rua quase deserta- medir a roupa na modelo! Lá estava a árvore, aguardando o dia de ficar mais colorida! 

Tricô pronto; era hora de mais uma semana longe de casa - a feira Mega Artesanal chegando e os dias que antecederam eram cinzas e escuros - eu queria vestir a árvore num dia gostoso, com sol, com luz. Assim.. mais uma vez viajei, voltei, e nessa semana finalmente chegou a hora de deixar a rua Eudoro Berlink mais divertida! 

A ideia não foi minha - já vi árvores com tricô em alguns lugares por onde andei, e do site tricô urbano veio a vontade de vestir nossa árvore. Missão cumprida - quarteirão colorido e árvore quentinha. Está lançado o INVERNO LUGASTAL, e dentro do estúdio têm outras surpresas gostosas e quentinhas - mantas, pompons e peças em flanela com detalhes em lã.



eu AMEI!

Ainda teremos surpresas gostosas... aguardando a Leti Matos chegar na capital gaúcha com seus pompons coloridos!

4 comentários:

Cris Nagawa disse...

Linda, linda linda....
Parabéns pelo capricho e carinho em aquecer a arvore...
bjs

Rosana Sperotto disse...

Árvore vestida de arco-íris é pra "fechar" o comércio... ops, abrir! rsrs
Lu, fiquei imaginando que bacana ficaria o cogumelão-banquinho do ladinho dela. Pena que esse não pode ficar ao relento. Beijão!

Eliane Lima disse...

Parabéns ficou linda eliane lima.

claudia disse...

A arvore ficou linda de paixão!!! Só aumentou a vontade de conhecer o Estúdio Lu Gastal! Fonte de inspiração e alegria! Parabéns pela criatividade!
Atenciosamente,
Claudia