domingo, 20 de maio de 2012

PIB de ideias

A matéria é muito bacana, e foi publicada na coluna  Economia da Zero Hora.


CAPITAL É A SEGUNDA EM CRIATIVIDADE
Pesquisas mostram boa posição de Porto Alegre entre as cidades que mais geram riqueza a partir do uso da imaginação

"Em um ambiente que alia indicadores econômicos e sociais positivos, Porto Alegre é considerada a segunda cidade mais criativa entre as 50 maiores do país. Fruto do desenvolvimento intelectual, a indústria criativa movimenta empregos e gera riqueza nem sempre contemplada em estatísticas.
Atrás apenas de São Paulo, a capital gaúcha se destaca em pesquisa que leva em conta desde o número de empregados nos setores considerados criativos, participação do PIB em serviços até o percentual de pessoas com planos de saúde.
- Quanto maior a participação das profissões criativas na economia e melhores as condições de segurança e saúde, maior será o PIB desse segmento - aponta Adolfo Melito, presidente do conselho de criatividade e inovação da Fecomércio-SP, entidade que elaborou o Índice de Criatividade das Cidades."

O professor escocês Charles Watson, especialista em processo criativo, afirmou na matéria que "a capacidade de pensar de forma criativa envolve muitos fatores. Toda estratégia depende da disponibilidade de depositar energia, motivação. Poder trabalhar com algo que tenha significado para a pessoa faz com que ela tenha mais energia e, com isso, desenvolva mais curiosidade." Relacionando criatividade e talento, afirmou - "o que importa é a sensação de urgência do que você faz, associado à paixão que se tem pela atividade. A capacidade muito grande de trabalhar, acima dos demais, é muito importante. Isso não quer dizer que trabalho intenso vai tornar uma pessoa criativa, mas sem trabalho intenso não se vai a lugar nenhum."



Tia Linha curtiu demais, e trouxe o texto para reflexão no início dessa semana!


Um comentário:

Glaucia disse...

Que bom que o trabalho criativo é reconhecido em alguns lugares, onde moro o valor é quase nulo. Quando um gestor passa a enxergar a oportunidade de desenvolvimento no trabalho criativo, também consegue diminuir várias carências e deficiências relacionadas à saúde, $ e outros fatores que influenciam em nossas vidas.
Criar e trabalhar com as mãos é a terapia dos tempos modernos.

Lu, linda semana,

bjos

Gláucia