domingo, 25 de dezembro de 2011

eles não poderiam faltar!

Já é sabido aqui que minhas habilidades culinárias não são abundantes; não tenho vergonha em contar tampouco faço questão de mudar os hábitos, visto que, por sorte ou destino, aqui em casa se cozinha super bem! Acontece que faço uma receita "muito da gostosa", os biscoitos de mel, que vocês já conhecem. No ano passado fui presenteada com o post "tradição emprestada", da querida Ana Sinhana, que realmente me tocou tamanho carinho e, principalmente, ao saber que a receita faz sucesso nos lares alheios. 

Os biscoitos de mel já foram tema de matérias legais, mas sobre isso já falei no post do ano passado, os melhores biscoitos do mundo, e, sem modéstia, eles são, sim, bem gostosos, e exalam um aroma delicioso pela casa em dia de "fornadas". Pois nesse ano o Papai Noel estava batendo à porta, os sobrinhos chegando de longe  e a gente não tinha tomado nenhuma doce providência...  Como me propus a fazer as sobremesas da ceia (isso mesmo, voltei à conversar com meu velho e amarelado livrinho de receitas), por que não começar com os biscoitos? Era hora de por a mão na massa! 

A receita é simples, mas demanda um pouquinho de tempo, visto que a massa precisa descansar na geladeira por algumas horas. Quem quiser se aventurar das delícias, tá tudo explicadinho no Superziper, num post especial natal de 2009.

As fotos não são profissionais como nas receitas da amiga Glau Quitandoca, mas podem traduzir um pouquinho dessa atmosfera tão gostosa!

p.s: os biscoitos podem ser feitos em diversas ocasiões e datas comemorativas, e são uma excelente desculpa para aqueles domingos que pedem algo especial sem nenhum motivo explícito!!! E aproveitando que esse é realmente festivo, desejo um feliz Natal pra todos vocês!


Deixe os biscoitos "descansando" para esfriar antes de confeitar;


 Momento corante - um cuidado especial para não manchar os dedos!


 Vale graduar a coloração com a intensidade de sua preferência;


 Use saquinhos de celofane pra separar o glacê por cores - são descartáveis e práticos!


Essa é a parte boa... a criançada também adora!!!


Antes de lavar a louça, vale roubar o que sobrou nas pás da batedeira???


Esse paninho de cozinha foi minha primeira produção craft, em 1996;


Embale em pequenos sacos de celofane e amarre com fita, ou coloque todos num grande vidro, 
e deixe-os prontos para o ataque!!! 


Enquanto eu confeitava os biscoitos de mel, rolava uma festinha muito da animada "lá no meu apê", na qual não fui convidada, portanto, me limitei à parte térrea do lar. Mas eles - os convidados, se permitiram a participar do meu momento confeitaria. Pode? Obviamente que sim!


7 comentários:

Anônimo disse...

Lindo post...
Repleto de afeto pelos amigos que compartilham sua receitas e nostalgia pelo momento crafter.
Um dos mais lindos, sem dúvida alguma. Merry Christmas...
Terezinha

Ana Matusita disse...

Não tem como não associar biscoito de mel, Natal e a amiga Lu!
Feliz restinho de Natal, querida!
bj,
Ana

Thalita Cunha disse...

Meu marido fez biscoitos também, lindo e não pode faltar né?

Cecilia e Helena disse...

Que gracinha, Lu! Diversão na certa!
Beijos e boas festas,
Helena

Tami Fonseca disse...

Que post mais apetitoso...adorei.
Ótima semana.

♥ TAMI ♥

Líbina disse...

Adoro biscoitos decorados, sempre faço para o natal e páscoa.
Bjs

Anônimo disse...

Oi Lu querida!

Um Santo Natal e Feliz Ano Novo pra ti!
Concordo contigo sobre as delícias de Natal, têm cheiro diferente no ar...
Descobri um blog super legal sobre biscoitos...a menina envia receitas...delícia, delícia...docurasdasil.blogspot.com

Lu, beijs e obrigada pelas mensagens que confortam nossos corações!
Ana Cris - de Curitiba