domingo, 3 de abril de 2011

pink sunday

         Nos domingos não sou lá muito adepta de programas pré determinados, costumo deixar o dia começar e pensar o que fazer nos próximos 10 minutos, sem aquele horário marcado dos dia da semana. Mas hoje era o último dia da exposição do museu da Barbie, e as gurias não esqueceriam da minha promessa de levá-las à exposição por  nada do mundo (maldita procrastinação que não me deixa resolver alguns assuntos com antecedência!!!).

         Assim, depois de um calmo café da manhã familiar, decidimos por unanimidade que perto do almoço rumaríamos ao shopping, a fim de evitar as filas (pois ontem me contaram que a espera era quilométrica).

          Não sou a pessoa que mais gosta de frequentar shopping, mas nos domingos penso que seja um programinha bom - se acompanhado de cinema e pipoca, melhor ainda! Na minha infância, nas raras vezes em que vínhamos à capital com o pai e a mãe, eu amava ir ao Iguatemi (o único shopping, naquela época) para observar cada detalhe do relógio d'água, e ele me encanta até hoje!

            Mas, voltando ao assunto, prá não perder o fio da meada... lá estavamos próximas ao museu cor de rosa, era próximo do almoço e já tivemos de encarar uns longos minutos de fila, mas que valeram a pena; havia Barbies de todos os jeitos e estilos, da discreta à extreme make over, sozinha ou acompanhada do Ken, cantora, romântica, chique, cafona, astronauta, bombeira, atriz, do lar, etc etc etc!

           Um programa para ser curtido dos 9 aos 90 (literalmente, o que pudemos provar ao encontrar a D. Georgina, que não exitou em deixar-se fotografar com a Lulu), e o casal Leni e Artur, que curtiam cada detalhe com olhos brilhantes! Havia muitas "mini Barbies" na fila, aguardando ansiosas por entrar naquele mundo cor de rosa, mas eu ainda acho que a exposição foi montada para um público mais maduro (hehehe, não há paciência suficiente para que as crianças possam curtir tamanha quantidade de pessoas, que se acotovelavam e furavam filas que vinham de todos os lados!).





Trouxe fotos prá mostrar aqui (poucas dentre a quantidade de clicks que vieram na câmera), e, algumas horas depois de ter saído da exposição, quando voltávamos do almoço, ao ver a fila gigante que quase atravessava os corredores daquele andar, tive a certeza de que valeu a pena seguir nossa intuição- se tivesse deixado prá ver as dolls à tarde, certamente não o faria!!!!













Bom mesmo é já estar de volta ao conforto do meu lar,
com minhas "barbie girls" felizes pelo programa!!!!!







6 comentários:

Dhara Barbie disse...

Oi visita o meu blog é da Barbie se gostar comente se amar siga

Lia disse...

Lu, fui com minha sobrinha (5 anos na época) e minha irmã nessa exposição, qdo ela esteve em Sampa!
Muito fofo, né? :-D
Tb adorei!!
Bjs em todo mundo aí!!

Anônimo disse...

Que legal Lu!!
Cada Barbie linda!!
E quando vc diz que é uma exposição que encanta dos 9 aos 90 não é maneira de dizer em momento algum!!!
Maravilhosas as fotos que vc compartilhou conosco!
Muito obrigada por nos fazer conhecer essas maravilhas que estão tão longe!!
bjs
Vivi Mor

Marina Pimentel disse...

Sou apaixonada por Barbies!! Tenho as minhas até hoje e não deixo ninguém relar!!! Um xodó! Tenho umas 40. Aprendi a costurar por causa delas!
Beijão!

Anônimo disse...

Ooi lu. Não sabia que você era gaúcha! Eu sou de pelotas, aki msm no RS. Fui numa exposição de barbies em 2008, e quando minha prima foi tirar fotos minhas, muita gente ficou em volta. Kk

ozeli disse...

Estou amando o seu blog.
faz só um mês que te descobri, e estou encantada.
bjss pra te.