domingo, 20 de junho de 2010

prá frente Brasil!


Domingão cinzento,  e as habitantes do lar aguardavam ansiosas a chegada do nosso único e querido representante masculino, que viajou há 10 dias. Nunca fui fã de camisetas de  futebol... mas com minha camiseta de n. 1 do lar... tive de me animar a vestí-la. Hoje seria o dia perfeito.
Numa verdadeira e particular experiência gastronômica (que em nada faz parte do meu dia a dia), esse seria um dia de pura ousadia... resolvi esperar o marido com um churrasco! A dúvida era: será que eu conseguiria? Sem tentar, não saberia!

Minha mãe é uma das poucas mulheres que fazem um churrasco de lamber os dedos, de tão bom! Então foi a vez de recorrer à voz da experiência, e pedir dicas, desde como fazer um fogo em algumas lições!
Depois daquela passadinha rápida no Zaffari, o supermercado mais gostoso da cidade, já era hora de fazer o fogo e por a carne prá assava. Momento de muita concentração e cuidados, pois haviam amigas das crianças, além da própria família, que dependeriam totalmente da minha invenção dominical!

 

Lição n. 1: o fogo = grimpas, gravetos, jornal e carvão. OK!
Lição n. 2: uma assopradinha forte para o fogo pegar fácil. OK!
Lição n. 3: salgar a carne (picanha e chuleta) e espetar o salsichões de frango. OK
Lição n. 4: acrescentar o que tiver vontade (abacaxi, queijos e pães); OK
Lição n. 5: colocar a carne no fogo. OK
Lição n. 6: TER PACIÊNCIA! OK
(esse quesito do churrasco é muito parecido com cortar/passar/costurar! tudo é lento, não se pode ter pressa numa das estapas, e se pular uma não se consegue fazer bem a outra!hehehehehehe...)


Lição n. 7: virar, cuidar, virar novamente, mais uma camada de sal, virar, virar, virar, olhar, aguardar!
Lição n. 8: arrumar a mesa (e hoje é dia de jogo, portanto, caprichei nos detalhes das cores  verde/azul/amarelo)


Lições devidamente concluídas... e nosso almoço estava pronto! Hoje, nenhuma salada teve vez... foi o dia das carnes! A turma comeu bem (também... as duas da tarde estavam famintos!) e todos ficaram felizes.  Eu, particularmente, fiquei radiante com meu "gol de placa"... acertar o churrasco me fez sentir a n. 1 do lar (embora, confesso, prefiro costurar!!!!)




terça-feira, 15 de junho de 2010

O QUE O CARTÃO DE CRÉDITO NÃO PAGA!

Realizar um sonho: NÃO TEM PREÇO!


Parafraseando a propaganda do cartão de crédito... aproveito prá informar que master e visa já estão instalados por aqui!!!!!!


segunda-feira, 14 de junho de 2010

noite de festa!

A semana passou literalmente voando... o relógio andava apressado... por vezes tive a impressão que não daria tempo de finalizar tudo! Reforma acabada, era hora de ajeitar tudo em seu lugar (na verdade, criar os lugares para cada peça)!


Ainda bem que nesses momentos de aperto sempre aparecem as amigas-de-todas-as-horas, naquele espírito "na alegria e na tristeza, na saúde e na doença", que dão aquela força! Além da família, que também foi incansável e extremamente paciente com minha total ausência no lar! E finalmente chegou o tão esperado dia 9! A data eu defini há quase dois meses atrás, quando iniciei a planejar a loja, para comemorar o aniversário da mãe... e parecia tão distante... Mas o distante chega depressa, e a  quarta-feira finalmente chegou! Amanheceu com aquele friozão peculiar dos pampas nessa época do ano, porem com céu azul, o que me alegrou imensamente! Era um sinal de que tudo, absolutamente tudo, seria mais fácil, sem a presença da chuva! Momento de finalizar, organizar, organizar os detalhes, e esperar a hora chegar!
Algumas amigas queridas vieram de Pelotas, e me auxiliaram muito nos preparativos finais!  E outra, muito querida também, participou a distância, na assessoria de imprensa. Da casa dela vieram ladrilhos hidráulicos, que ganharam um lugarzinho super especial na cozinha da loja, além da balança vermelha, que fazia parte da minha "wish list"|!


Fim de tarde. A noite chegou cedo, juntamente com tantas pessoas que aos poucos chegavam, entravam e circulavam pela casa... que ficou aconchegante e gostosa com tantos sorrisos e boa energia!
  

Prá quem lembra do post "de feio da fofo em 8 lições", apresento o novo banheiro!



Flores lindas, coloridas e perfumadas surpreendiam a cada chegada, tornando o ambiente ainda mais alegre.  (confesso que receber flores sempre me deixa emocionada, não deve haver no mundo mulher que não amoleça o coração nesse momento!)...Obrigada  por cada arranjo que foi enviado de longe, e das flores que recebi pessoalmente... adorei! 


Muita gente bacana passou por lá, e alegrou ainda mais a noite! 


sexta-feira, 11 de junho de 2010

all we need is love!

Estou de volta, cheia de novidades prá contar! Quarta à tardinha abrimos as portas da loja, e o frio da noite caiu com perfeição, para equilibrar o calor humano que havia por lá!
Deixo algumas fotos, com desejos de um feliz dia do amor!




Uma homenagem prá quem é namorado, casado, ou não... porque todos têm um amor!

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Lu Gastal inaugura espaço de arte na capital gaúcha

Depois de oito anos em Brasília, a designer Lu Gastal desembarca seu talento em Porto Alegre. O novo espaço de criatividade tem happy hour de inauguração a partir das 18h30 de quarta-feira(9), na Eudoro Berlink, 434, em Porto Alegre. O charmoso ambiente foi cuidadosamente preparado pela proprietária, com peças que remetem a sua trajetória de vida com o mesmo charme e requinte que inspiraram a artista até hoje. Um exemplo é o balcão de alfaiate de seu avô, que ocupa lugar de destaque no espaço e se mistura a objetos antigos e peças contemporâneas. A casa foi decorada recriando memórias e usando a criatividade característica da artista. O local abriga as ferramentas necessárias para transformar matéria prima em arte, no espaço onde serão ministradas oficinas e cursos de patchwork, além de outras manualidades.

A cachoeirense Luciana Kaempf Gastal é advogada por profissão e designer por convicção. Em Brasília deixou sua marca impressa, através da participação em diversas feiras e eventos da área. É também proprietária da Casa Quilt, loja que divide com mais duas sócias. Ela conta que após estudos com grupo de designers - entre eles o gaúcho radicado em Brasília, Luis Galvão - as peças desenvolvidas por sua grife ganharam ares de requinte, sem perder a simplicidade e o excelente acabamento. Aliando boas ideias à preservação ambiental, foi convidada a participar no ano passado do Capital Fashion Week. O desafio era criar os ambientes de circulação para um dos principais eventos de moda do país. Lu desenvolveu um trabalho todo feito de material reciclado. Foram montados sofás e pufes em material 100% reaproveitado e paredes de flores confeccionadas em garrafas pets.

A criatividade da gaúcha encantou jornalistas e editores de moda internacionais que se renderam ao duo simplicidade e sustentabilidade. Nos últimos cinco anos a participação em eventos ligados à arte e artesanato consolidou seu trabalho na área. Entre eles o Festival de Quilt & Patchwork de Gramado, Semana SENAC de Patchwork em São Paulo, Brazil Patchwork Show, Paralela Gift,Mega Artesanal e Feira Botânica de Brasília.

Recém chegada a Porto Alegre, Lu Gastal traz ao público gaúcho um espaço onde podem ser adquiridas peças singulares, confeccionadas com arte e o predomínio do tecido, além de produtos criados por designers de São Paulo e Brasília. O local abriga um ateliê, preparado para receber alunos em cursos de patchwork ministrado por Maria Fernanda Camardelli, com máquinas de costura da linha Brother, oficinas e outras manualidades. A loja também dispõe de moldes e apostilas, que são enviadas ateliês de todos os cantos do Brasil e expositores

A memória da casa

Cada detalhe foi cuidadosamente escolhido pela proprietária, que elegeu uma charmosa casa na rua Eudoro Berlinck, no bairro Auxiliadora, como cenário do seu novo espaço criativo. A rua arborizada abriga um imóvel antigo, com todos requisitos necessários para Lu dar seu toque de personalidade. “Busquei um imóvel antigo que remetesse às lembranças gostosas de casa da vó”, explica. O projeto de decoração foi carinhosamente executado por ela, em um ambiente que recria símbolos pessoais, imersos em meio a objetos contemporâneos.

Durante a reforma foi feito um resgate da beleza original do imóvel. O piso de carpete foi retirado e fez renascer ladrilhos hidráulicos e um parquet com desenhos geométricos, pisos originais da histórica morada. Com pé direito alto, o espaço ganhou um ar “retrô”, complementado pela mobília pessoal da designer.

Cada peça tem parte importante na história de vida de Luciana. São móveis e objetos que contém um pedacinho da história familiar de Luciana Kaempf Gastal. A começar pelo balcão da loja e a máquina de costura, que pertenciam à alfaiataria do seu avô Rodolfo. Os dotes da costura certamente têm raízes em Sinimbú, cidade localizada no interior de Santa Cruz do Sul, onde há algumas décadas os olhos de Lu certamente brilharam pela primeira vez em contato com tecidos e linhas.

Com dicas da decoradora Ana Trindade, a designer designou um espaço para abrigar a decoração de casa, com um arranjo de ladrilhos hidráulicos sob um fogão a lenha que acompanha a família há vários. Os ladrilhos são da Fábrica de Ladrilhos de Pelotas, e remetem a sua ligação com a cidade que a abrigou durante a vida acadêmica e onde formou sua família, ao lado de um conterrâneo, da terra das charqueadas.

Para a escolha das cores da loja, Lu buscou inspiração em retalhos de tecido comprados no interior de Nova York, guardados por ela para serem usados em momento especial. Os mesmos tecidos foram utilizados para decoração dos ambientes, com destaque para a pantalha do banheiro.

Produtos criativos

As cores são a alma do seu trabalho. Com a preocupação de buscar a inovação dos produtos, Lu Gastal desenvolve um”patchwork contemporâneo”, como define. A idéia é sempre criar novidades que sirvam de inspiração para outras artesãs, especialmente das que fazem de sua costura um reforço no orçamento doméstico.

As peças da designer são muitas. Desde enxovais de bebê em cores nada convencionais, animais em tecido, chaveiros, bolsas, nécessaires, estojos, porta documentos, porta chaves, bonecas criativas, móbiles, até uma vasta lista de porta trecos, que toda mulher adora. Para as datas simbólicas ela cria as tradicionais linhas Páscoa e Natal Lu Gastal.

Com tamanha criatividade, suas obras já ganharam as páginas das revistas Crescer, Ateliê na TV, Faça Fácil, Faça & Venda, Patch & Afins, Casa Claudia, Casa & Jardim, Make, esta com direito a matéria de capa exclusiva.

Criatividade nos pampas

O novo espaço Lu Gastal inova com produtos inéditos e dá destaque à tradicional linha de frutas & vegetais, que recentemente recebeu uma releitura do método, com aplicação de design e matéria prima diferenciada.

Com predileção para materiais reutilizados, ela busca usar nas criações uma composição de peças em tecido com material reciclado, que garimpa por onde anda. Entre as peças inéditas do novo espaço, ela apresenta galhos secos (flores do cerrado brasileiro) forradas com mini retalhos de tecido, em vasos de vidro reciclado. A idéia nesse caso, foi o reaproveitamento de mínimos pedaços de tecido. Assim a designer criou uma técnica de colagem que dá um visual alegre e colorido ao ambiente.

Além das peças produzidas por ela, Lu Gastal apresenta produtos de diversos estilos e preços, criados por artesãos e designers de todo Brasil. Nomes como Ana Sinhana, Fabi Sehnem, Madu Lopes, Oficina do Fuxico, Gigi Serelepe, Mara Porto, Dani Barreras, Hélio Farias, Luis Galvão, Ana Leyla Ferreira e Juliana Sato.

Gabriela Mazza
jornalista - MtB: 9838
SATOLEP PRESS
(53) 9983.2398

terça-feira, 8 de junho de 2010

TUDO (quase) PRONTO!

Hoje vim com poucas palavras e algumas fotos!

As letras foram colocadas no seu lugar...


O banheiro que era feio e sujo, foi ficando fofo e agora está LINDO e perfumado! 
(as baratas seguiram rumo para outro imóvel!!!)


E  meu craftroom está super gostoso e cheio de energia!