quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Alinhavos & Gestão

Prá coluna dessa semana, escolhi a sugestão da arquiteta e crafteira Iara Passeroti: como trazer clientes para perto, e como despertar nos mesmos o interesse por nossos produtos!


        Sabe-se que essa não é uma preocupação exclusiva de quem trabalha com artesanato; para decifrar tais mistérios, estudos e técnicas de marketing, entre ações variadas direcionadas a cada público alvo. Mas vamos focar no nosso público: quem curte, valoriza, produz e adquire produtos feitos artesanalmente, independente da técnica ou matéria prima utilizada.

        Minha loja é pequena, acho até que já descrevi isso por aqui; são 70 m2 divididos em dois andares. Contando que a loja é composta apenas do primeiro andar (no segundo há o ateliê de aulas e o meu craft room), são  exatos 35 m2  que tenho para encantar os clientes LuGastal. Não tenho regrinhas nem dicas preciosas, pelo contrário, sou uma iniciante na arte do comércio; mas penso constantemente em como chamar quem passa despretenciosamente pela calçada, ou quem conhece meu trabalho no seu computador, no conforto  da sua casa, e vai de alguma forma conhecê-lo pessoalmente, deslocando-se até lá! Preciso receber essas pessoas com o que tenho de melhor, de forma com que sempre tenham vontade de voltar! Em apenas trinta e cinco metros quadrados!

        Mas o que eu posso oferecer de melhor? Um espaço, mesmo que pequeno, detalhadamente preparado para alegrar quem por ali passa. O aroma de lavanda que paira no ar, o colorido das peças, a organização dos tecidos, o cuidado na produção,  troca e renovação das mercadorias.

         No almoço do último domingo, meu pai, que é uma pessoa extremamente direta e sem rodeios, e que deve fazer a maior força para entender minha mudança profissional (da advocacia para a máquina de costura), me questionou como é que eu penso a criação dos produtos, de forma a ter coisas diferentes. A pergunta até me surpreendeu, vinda de um profissional acostumado a trabalhar com pecuária (que  me é um exemplo de empreendedorismo), e me fez "pensar sobre"; afinal, como é esse meu "pensar"?

        Não posso me acomodar, no momento em que levo para a loja produtos "X", já tenho na cabeça quais serão os "Y"que substituirão o espaço quando a produção dos "X" estiver acabando. Nessa linha, vou preparando algumas peças em parcerias com outras artesãs, e, cada vez mais, aumentando a produção própria, com um cuidado que penso ser o diferencial dos produtos: o controle do acabamento, pois as peças são executadas por uma pequena equipe, composta por 5 pessoas (entre elas, eu! risos...).

          Assim, leio (e folheio) tudo o que puder e tiver acesso; revistas, livros, artigos, blogs. Troco idéias, penso em projetos futuros, mudo algumas ideias antes de concretizá-las; "reservo", como dizem os culinaristas. É comum eu pensar em criar alguma linha de produtos, e deixá-la parada, dentro de um armário, a fim de incrementar algum detalhe, ou de um insight que ainda não chegou.

          O visual externo também é importante, e como a identidade visual da loja não está perfeita (quem passa de carro, por exemplo, não pode fazer idéia do que vem a ser "LuGastal"), e há outros investimentos na fila de espera (um segundo aparelho de ar condicionado), precisei arrumar uma solução econômica e rápida para explicar que aquele é um espaço de criatividade, design e patchwork. Assim, depois de juntar muitos retalhos bonitos que sobram das produções, fiz um banner que fica pendurado na janela do banheiro. Por enquanto!


             A vitrine também é trocada constantemente, e por falar nela... logo logo as bonecas, cookbooks e artigos infantis cederão o lugar para a chegada de ninguém mais, ninguém menos, do que o Sr. Papai Noel!

       
            E, prá finalizar, não posso deixar de comentar que tenho me esforçado para atender clientes que não moram em Porto Alegre! Assim, fotos mais freqüentes de  produtos e tecidos disponíveis, e a quantidade de pedidos tem sido tão bacana que é um sinal de que esse cuidado é observado! A propósito, aproveito para dizer que a lojinha virtual está OFF,  que as peças que aparecem nas fotos são comercializadas, e quem tiver interesse pode mandar um e-mail (luciana.gastal@terra.com.br) que respondo em seguida.

Mas agora já é tarde... hora de tomar um chá quentinho (é ritual diário aqui em casa) e dormir!
Tchau!

          

18 comentários:

Fada Carmim disse...

Tenho a maior vontade de conhecer sua loja! É uma espaço tão lindo, e tão acolhedor, pelas fotos, que tenho vontade de passar uma tarde ai só "fuçando" tudo e escolhendo algumas peças para mim. Um dia vou ao querido Rio Grande e me dou este presente.
Beijos da Fada Carmim

Eliane França disse...

Olá... Vi sua entrevista no Programa Ateliê na TV e fiquei encantada... Fui logo me tornando uma seguidora... Assim como vc, tbem larguei a advocacia, mas não apenas para dedicar ao artesanato... Fui cuidar dos filhos e agora, com eles um pouco maiores, começo a realizar meu sonho... Fazer artesanato... parabéns pelas dicas e pelo seu blog...

Pura Ideia disse...

Nossa Lu ... ler essas palavras, me levam cada vez mais ao meu grande sonho , que é abrir uma loja assim como a sua .
Pode paraecer bobagem, mas a verdade é que essa metragem é a desejada por mim .
acredito que torna o lugar mais acolhedor e cheio de coisinhas misturadas que vamos descobrinho encantos a cada olhada ...
Sua Loja é linda .. e matei um pouco da minha vontade de conhece-la .
Parabens pelas suas palavras e conselhos e pelo bom gosto em tudo que faz !
sou sua fá.

Simone Lam
Pura Ideia

Clau Atelier disse...

Um dia ainda vou visitar esse cantinho!!!!
Bjs e estou adorando ler seu blog sempre.

Lau disse...

O espaço pode ser pequeno, mas o carinho e cuidado que vc tem por ele, aliados ao seu bom gosto, fazem uma super diferença.
Dá próxima vez que passar por POA, não vou me perdoar se não for te visitar.
Bjsss !

bela silveira disse...

Olá garota!!! Amei o comentário, e penso que não é mto difícil pra ti trazer o cliente pra perto e desperta... A arma mais poderosa tu tens na mão, a tua simpatia, a cortesia e generosidade com que tratas quem quer que seja, associado ao produto de qualidade, da marca, encanta qualquer um. Neste contexto, a satisafação do cliente é mera conseqüência!!!
Estou curiosa com a produção natalina!!!
Bjo e boa noite!

Fiapodetrapo disse...

Aproveitei para dar uma olhada no seu blog e adorei tudo o que vi .
Bjs
Ariane

Carol Viégas Artes disse...

Amei o seu blog. Tudo muito cheio de carinho, dá pra perceber o amor que você sente pela sua arte. Ao ler os posts, viajei até um cantinho aconchegante e com cheirinho de café, não sei porquê, era como se eu estivesse num lugar acolhedor.
Parabéns e muuuuito sucesso.
Carol Viégas

Atelier Caseiro disse...

Oi Lu!
Juro que a chuvinha de hoje não foi culpa minha!
Adorei o post e mais ainda ver esta vitrine ao vivo! Vou aparecer com mais frequencia.
Beijo, bom final de semana.

Silvana disse...

Lu!
A aula com a Gigi estava ótima,ela é um amor de pessoa!!É muito bom fazer aula com uma pessoa educada e calma.Já peguei cada "mala" como professora....hehehhe....esquedi de pegar o molde,mas depois passo por aí para pegar.
Achei muito boa a tua idéia de colocar o banner...eu mesma passo seguido nessa rua e nunca tinha visto a loja...fiquei sabendo dela pois uma amiga foi aí e daí me avisou.bjs

artedalisa disse...

Lú eu amei o seu blog, seu atelie e suas peças...
passa la no meu blog vou ficar muito feliz....
beijos
Lisa

MARCI GOELZER AROMATIC THERAPY disse...

Oi Lu querida!
Demorei mas aqui estou... tens muita razão e empreendimento de negócios é uma atualização constante independente do tipo de comércio e te posso dizer de carteirinha.
Sempre deve-se estar motivado a procura de inovações para atrair e atrair novos clientes e manter os conquistados.
Atua Loja é linda e sempre tem novidades.
A Laurinha é apaixonada por ti e pela tua loja. Sempre me pede para ir aos sábados a tarde te visitar...
Tua loja já é um sucessão também com o pique desta "mädchen" querida e linda... beijok@s Marci e Laura...

MARCI GOELZER AROMATIC THERAPY disse...

Oi Lu querida!
Demorei mas aqui estou... tens muita razão e empreendimento de negócios é uma atualização constante independente do tipo de comércio e te posso dizer de carteirinha.
Sempre deve-se estar motivado a procura de inovações para atrair e atrair novos clientes e manter os conquistados.
Atua Loja é linda e sempre tem novidades.
A Laurinha é apaixonada por ti e pela tua loja. Sempre me pede para ir aos sábados a tarde te visitar...
Tua loja já é um sucessão também com o pique desta "mädchen" querida e linda... beijok@s Marci e Laura...

Cecilia e Helena disse...

Que post legal, Lu... adorei!
Beijo
Helena

Raquel Faleiro disse...

Amiga, que legal te encontrar por aqui, adoro estas xícaras, faço de maneira diferente acho que tem no meu flickr e no meu blog, não sei, heheh, mas adorei teu blog, perfeito e estou louca pra ir na loja, a Carla (Avalon do bordado) já havia comentado comigo sobre a tua loja e estou louca pra conhecer assim que tiver um tempinho de ir a POA, vou dar um pulo ai, bjs parabéns pelo espaço lindo e pelo belo retorno aos pampas.
raquel faleiro

Waneska Ferreira disse...

Nossa Lu, seu blog e sua loja são lindos demais! parabéns, fiquei apaixonada, sempre virei fazer uma visitinha. bjus

MÁRCIA MARINHO disse...

Os 35m2 de mais puro encantamento, seja nos produtos ou seja nesses kilometros a mais que vc ganha ao chegar em nossos corações e ateliês nos proporcionando tamanha inspiração.
As suas palavras são exatamente aquelas que transbordam em nossos corações e mentes e muitas vezes não sabemos expressar.
Lú saúde e realizações sempre pra ti.

artesdanatacha disse...

Adorei este post. A pergunta de seu pai foi precisa. Como se pensa a produção, de modo a ter produtos diferentes? Nunca tinha parado para pensar.
Adorei as xícaras. :D