domingo, 20 de junho de 2010

prá frente Brasil!


Domingão cinzento,  e as habitantes do lar aguardavam ansiosas a chegada do nosso único e querido representante masculino, que viajou há 10 dias.
Nunca fui fã de camisetas de  futebol... mas com minha camiseta de n. 1 do lar... tive de me animar a vestí-la. Hoje seria o dia perfeito.
Numa verdadeira e particular experiência gastronômica (que em nada faz parte do meu dia a dia), esse seria um dia de pura ousadia... resolvi esperar o marido com um churrasco! A dúvida era: será que eu conseguiria? Sem tentar, não saberia!

Minha mãe é uma das poucas mulheres que fazem um churrasco de lamber os dedos, de tão bom! Então foi a vez de recorrer à voz da experiência, e pedir dicas, desde como fazer um fogo em algumas lições!
Depois daquela passadinha rápida no Zaffari, o supermercado mais gostoso da cidade, já era hora de fazer o fogo e por a carne prá assava. Momento de muita concentração e cuidados, pois haviam amigas das crianças, além da própria família, que dependeriam totalmente da minha invenção dominical!

 

Lição n. 1: o fogo = grimpas, gravetos, jornal e carvão. OK!
Lição n. 2: uma assopradinha forte para o fogo pegar fácil. OK!
Lição n. 3: salgar a carne (picanha e chuleta) e espetar o salsichões de frango. OK
Lição n. 4: acrescentar o que tiver vontade (abacaxi, queijos e pães); OK
Lição n. 5: colocar a carne no fogo. OK
Lição n. 6: TER PACIÊNCIA! OK
(esse quesito do churrasco é muito parecido com cortar/passar/costurar! tudo é lento, não se pode ter pressa numa das estapas, e se pular uma não se consegue fazer bem a outra!hehehehehehe...)


Lição n. 7: virar, cuidar, virar novamente, mais uma camada de sal, virar, virar, virar, olhar, aguardar!
Lição n. 8: arrumar a mesa (e hoje é dia de jogo, portanto, caprichei nos detalhes das cores  verde/azul/amarelo)


Lições devidamente concluídas... e nosso almoço estava pronto! Hoje, nenhuma salada teve vez... foi o dia das carnes! A turma comeu bem (também... as duas da tarde estavam famintos!) e todos ficaram felizes.  Eu, particularmente, fiquei radiante com meu "gol de placa"... acertar o churrasco me fez sentir a n. 1 do lar (embora, confesso, prefiro costurar!!!!)


Próxima sessão: jogo da seleção! A tchurma está reunida, em plena sessão  pipoca/coca-cola/brigadeiro, devidamente fardados e munidos de chocalhos e cornetas!)...



Intervalo do jogo: "baguncinha" e cupcakes!




Agora, é só torcer:
PRÁ FRENTE BRASIL!

(Ficarei na dúvida: será o jogo da seleção apenas uma desculpa para um domingo festivo?)

8 comentários:

rosana sperotto disse...

Golaço, Lu!!! Fiquei orgulhosa dessa gaúcha corajosa! Tomara que a "canarinho" faça bonito também. Vamos pro segundo tempo! Beijos

Céres disse...

deu tudo certo - o churrasco, a baguncinha e a torcida né? o Brasil venceu. pena que o Kaka foi expulso :P semana que vem tem mais. só quero ver qual vai ser a invenção da superLu
beijos

bela silveira disse...

Lu, minha solidariedade!!!
Aqui em casa, com marido( que odeia, fazer é claro) e quatro filhOS, quem faz churrasco sou eu... e limpa tudo tbém...

Ana Paula Cavalari disse...

GAROTA, VOCÊ É DA PÁ VIRADA!!! ANIMADA ATÉ NÃO PODER MAIS!! ADMIRÁVEL!!! A FELICIDADE É TÃO FÁCIL, NÃO?
PARABÉNS!!!

silvia ferreira disse...

Lu, sei fazer churrasco muito bem! Parabéns! O seu tava com uma "cara" ótima!rsrsrsrs Aqui em Bsa foi dia de churrasco e familia também! Não tem coisa melhor!rsrsrsrs

MÁRCIA MARINHO disse...

Que ótimo dia hein?! O desafio de fazer o churrasco, a comparação com o artesanato é bem por ai mesmo.
E o final que bagunça mais gostosa...
Uma linda semana...

Vanessa Maurer disse...

Que bacana... casa cheia, churrasco, maridão de volta e muita bagunça...

Silvia disse...

Fiquei com água na boca qdo vi essa carne suculenta, aqui chamamos carinhosamente de "boi berrando", adoro!
Parabéns, seu churrasco deve ter deixado os vizinhos com vontade de pular o muro!
Bjs