quinta-feira, 13 de maio de 2010

Tudo bem... eu "me rendo"!

Não sou adepta de discursos femininos (pelo contrário), mas sempre tento fazer o que preciso sem a ajuda dos homens. Meu marido que me perdoe, mas minha paciência e ansiedade ariana não aguenta esperar até que os representantes do sexo masculino se dispõem prá atender algum anseio cor de rosa. Assim, sempre que preciso, tento eu mesma realizar as maluquices necessárias , com exceção de qq problema tecnológico, pois sou zero nesse quesito. Mas sei manejar como poucas um martelo, e as paredes se assustam quando me aproximo com a furadeira na mão!
Sempre digo que, quando mudamos de cidade, a vida só fica completa quando arrumo meu time "de homens". Assim, ter na geladeira os telefones de um bom e confiável eletrecista, marceneiro e pintor já é sinônimo de segurança garantida! Entre erros, acertos e várias dores de cabeça, o momento em que o time é formado me deixa mais tranquila e feliz.

Mas o post de hoje, na continuidade dos preparativos da loja, é prá dizer que a semana foi 100% masculina. Não adianta, há momentos em que precisamos, somos obrigadas a nos render à eles!!!!! Passo os dias ligando, combinando, e encontrando meus "homens". Calma, gente... não sou adepta de bigamia, nem de gostos similares do estilo! O que acontece é que, prá realizar o desejo de abrir minha "craft-cute-store", dependo, sim, da mão-de-obra do sexo oposto.
É o Jorge, pintor, que precisa de mais tinta, lixa, etc... O Adilson e o Alessir, eletrecistas, prá avisar que o "homem da Ceee - companhia de energia elétrica" (o modelo da foto desse post),  exigiu a troca da caixa de disjuntores;


o "homem do telefone", que não sei o nome, que foi na casa e também não sei como, ligou o número na casa do vizinho. Aí chegou o Marcelo, o homem do alarme, avisando que sem telefone não tem monitoramento... E lá me vou, de novo, atrás do homem do telefone... prá que ele desfaça o engano de ligar meu futuro número num apto há 4 quadras do endereço correto. Ah, tem também o Eduardo, que entende de marcenaria... e o Paulo, que está no standby, esperando a obra ser finalizada e a chuva parar aqui pelos pampas, prá fazer a mudança. E, finalizando (assim espero), Claudio, que foi chamado no último minuto do segundo tempo, prá salvar o piso e deixá-lo com uma cara melhor! Aí te o contador, o Adelino, que está me auxiliando no plano de negócios, e o outro Claudio (esse é o meu marido), que me empresta os ouvidos e a preciosa paciência todas as noites, prá ouvir a lista de acontecimentos do meu futuro empreendimento!
Já me convenci de que ainda terei muitos homens à minha volta pelos próximos dias... pois o Paulo já avisou que prá tirar o balcão do meu ateliê (pela janela do apartamento, obviamente), será necessária a ajuda de mais 4 representantes do sexo masculino! SOCORRO!
Sinceramente... não vejo a hora... porque eu gosto mesmo é de puxar, empurrar, furar parede, inventar, divagar com a Didi, minha parceira de todas as horas e dias. Mas sou uma pessoa grata à quem me ajuda, e confesso que "meus "homens" têm sido incansáveis e extremamente úteis!!!!

16 comentários:

Clau Atelier disse...

Lu,
Bom dia!!!!!
Que essa ajuda masculina, seja bem sucedida, principalmente com o mocinho do telefone, pois estou roendo as unhas de tanta ansiedade para ver o resultado final!!!!
Bjs e boa sorte e sua nova empreitada!!!!!

Peripécia no Balaio disse...

Lu,
Estou anciosa para ver o resultado...É muito bom acompanhar todo esse processo! Obrigada por compartilhar conosco. Aproveito o espaço para convidá-la a conhecer meu blog, peripecianobalaio.blogspot.com, vai ser prazeroso ter sempre a sua visita.

Caroline Monteiro disse...

Aos poucos vamos vendo a realização do teu sonho né! Legal poder acompanhar de perto, e mais de perto quando inaugurar teu espaço. Bjinhos

Karina Sensales disse...

Oi Lú!
Seu texto me fez lembrar um outro que li num blog amigo. Ela falava a mesma coisa! Hhahahaha Contava que sua vida era recheada de Homens porque seu marido não conseguia acompanhar a agilidade dos seus pensamentos e desejos!!! Eu adoro isso, ter alguém que faça sem as tradições perguntas e má vontade dos maridos! Que sua obra continue indo bem! Já sabe quando vai inaugurar? Estarei em Poa no início de junho e, se der, irei conhecer seu espaço!
Beijos
Karina

Ruby Fernandes disse...

hahahah, sei bem o que você quer dizer sobre os telefones úteis presos na geladeira!
Quando me mudei para BSB fiquei um bom tempo tentando formar meu time, e só agora, 5 anos depois, é que estou conseguindo! Você foi beeeem mais rápida viu?
Lu, te desejo tudo de bom na nova empreitada e aguardo notícias sempre fresquinhas e cute daí!
Bjo bjo *Ü*

Luciana Casado disse...

hahahahaha é Lu!!
Em alguns momentos temos que nos render aos homens hehehehe
Estou amando ler a saga da tua lojinha!!!
bjus, Lu

carlaf disse...

oi... estou adorando acompanhar o que vem acontecendo por aí... espero ansiosa p/ q dê tudo certo!!!

Katima disse...

Ola, que movimento esta por ai.Estou ansiosa para ver tudo pronto.Beijos.

silvia ferreira disse...

Que venham os homens então! Bjss querida!

Magda disse...

Por mais que tentamos acabamos sempre precisando de um homem ao nosso lado. É claro que em algumas circunstância isto é muito bom.rsrsrsrs
estou curiosa opara ver tudo finalizado.
Bjks, Magda

Tays Rocha disse...

Tenho acompanhado suas aventuras na abertura da loja, e é isso mesmo, tem coisas que só eles fazem por nós, o meu tem uma empresa e chama-se "marido de aluguel" uma central onde eu ligo e me mandam um de cada do que eu pedir... hahahaha, facilita bastante, já que meu homem de verdade mal prega um preguinho na parede ;o) Beijos querida.

MARCI GOELZER AROMATIC THERAPY disse...

Oi Lu!!!!

Que legal amiga...isso aí...mudanças e reformas fazem parte de um novo empreendimento...

Se precisares de indicações me dá um toque...já tenho uma lista de profissionais que as vezes trabalham para mim aqui na farmácia...

Estou louca para te visitar...

Beijokas Marci

Marcia disse...

kkkkk!!!!!muito engraçado...
Posso imprimir e levar para o mural do salão de beleza de minha irmã?

Vanessa Maurer disse...

A mais eu to adorando cada etapa dessa "loucura"!... bjos

Cintya disse...

Homens!! Não espalha, mas as vezes fica difícil sem eles!kkk
Mês que vem estou indo pro sul... se já tiveres inaugurado, aproveito e mato a curiosidade...estou louca pra ver como vai ficar!!!
Beijos e tudo de bom nesta nova empreitada!!
Cintya

Andressa disse...

oi lu
tem selinho p vc no meu blog.
passa lá buscar...
beijinhos...