terça-feira, 18 de maio de 2010

O céu está em festa!!!

Aquela foi minha despedida com a amada Norminha... Ali estávamos só nós duas! O borbulhar do tubo de oxigênio, a respiração difícil, o tímido sol que entrava pela janela naquela tarde fria de sexta-feira.  Nas raras horas em que acordava, me fitava com os ternos olhos azuis, apenas respondendo afirmativamente quando perguntávamos se estava bem.
Para quebrar aquele silêncio que era só nosso, o som de valsinhas de violino... músicas tocadas pelo meu avô, quando ainda habitava a terra! Gravações feitas numa fita K7, que viraram um CD cheio de boas energias!!!! (viva a tecnologia!)
Fim de vida, mas nunca fim de história! Guardarei sempre comigo tants lembranças gostosas da minha vó! Os doces maravilhosos, as partidas de carta (nos ensinou ainda pequenas como fazer uma canastra "limpa"), a pequena torta de bolacha que me deixou montar num pires, quanto eu tinha uns 8 anos, enquanto ela fazia uma torta grandona prá ser devorada pelos netos no dia seguinte...Norminha adorava doces, e era super confeiteira! A família agradecia, e se deliciava!
Os bolos dos nossos aniversários eram preparados por ela! Naquela época, nada de "tema para festa", mas um bolo lindo, com algum desenho ou motivo, nunca faltava! Bordou com lantejoulas furtacor meu vestido de debutante; acolhia as netas na sua gostosa casa durante muitas e muítas férias escolares, e realizava, sempre que fosse possível, os desejos malucos que seguidamente inventávamos! Ah, fazia um cafuné como ninguém!
Muitos anos depois, foi a hora dela curtir os bisnetos, que foram chegando aos pouquinhos, e enchendo a estante da sala de tv com fotografias e cores! E a bisa continuava mimosa e sorridente!
Norminha sempre foi faceira! Terna, de voz doce e mansa, alegre e religiosa. Ela era responsável pelas orações da família... e nos momentos de aperto era à ela que recorríamos, pedindo um "plus" nas rezas! Vaidosa, mantinha a pele com um cuidado de dar inveja! Nós, as netas, adorávamos implicar com seus cremes anti rugas... e nossa vozinha chegou aos 8.7 com uma pele super cuidada! Mulher de poucos luxos, mas não abria mão de seus "crems" depois do banho!
Momento de lembranças... nostalgia pura!

Bem... aquela tarde acabou, e chegou a noite fria! Norminha partiu na outra madrugada, calma e tranquila, como sempre foi! Amada, querida, inesquecível!


O último domingo foi dia de festa no céu!

(gravura de Hélio Faria)

19 comentários:

Eliene Vila Nova disse...

Oi
Minha querida meus sentimentos, linda homenagem e com certeza pelo que você falou aqui, nestre momento no céu deve ter muita festa para acolher pessoal tão especial.
Fica a saudade, sentimento de lembranças boas de pessoas que amamos.
Beijos

Katima disse...

oi, Lu meus sentimentos, com sua homenagem lembrei me da minha, que ja partiu a alguns anos mais as lembrancas posso lhe garantir nunca se vao, pois desta vida guardamos os momentos de alegria.Um beijo e conforto em se coracao.

Ana Matusita disse...

Sua avozinha parecia aquelas avós de telenovela, de tão lindinha!
Amei ter tido a honra de conhecê-la, com seus olhinhos muito vivos e jeitinho meigo.
Definitivamente, festa no céu!
Beijo querida, fica bem!

Clau Atelier disse...

Querida, que Deus acalme seu coração e de todos de sua família. Norminha está bem melhor agora e a nós só resta a boa lembrança.
Beijos

Marta disse...

Lindas palavras amigas, com certeza o céu, está em festa.....
bjok@S

Lia disse...

Temos um tempo por aqui, precisamos saber aproveitar... Ainda bem que vocês curtiram muito, compartilharam lindos momentos que você poderá transmitir às suas filhotas.

Sinto muito pela partida, querida, mas um dia a gente se encontra com os nossos amados que foram antes de nós...

Cris Chiosini disse...

Oi, Lu.
Lindo texto...
Norminha deve estar feliz lá no céu com a sua expressão de carinho.
Meus sentimentos...
Fique bem.
Beijos.

Patricia Cardoso disse...

Que texto lindo, Lu! fiquei emocionada!
Que sorte vc teve de ter conhecido sua avó, convivido e de ter mil lembranças para levar!

beijo enorme

Pat

Cris Nagawa disse...

Oi Lú....

Meus sentimentos...lembranças serão para sempre, ainda mais de pessoas assim tão especiais...
O céu deve estar realmente em festa...
bjs

Tays Rocha disse...

Ai Lu... vc me fez agora lembrar da minha avó, que jogava canastra conosco também, que fazia uma galinha caipira e panquecas como ninguém jamais conseguiu. Tenho tão boas lembranças também... Lindo texto, linda homenagem. Beijos e boa semana.

silvia ferreira disse...

Querida, ia começar este post dizendo que sinto sua perda! Perda? Nunca! Como vc disse, o céu está em festa, e aguarda pacientemente o dia em que todos nós nos encontraremos com os nossos que lá já estão.
Em 2007 meu pai e minha avó, que é a minha musa inspiradora, foram festejar por lá também. Ao chegarem encontraram, com certeza, meu avó que já os esperava. E é com a certeza que um dia irei encontrá-los outra vez pra ser abraçada por eles, que levo aqui a vida tranquilamente.
Que vc ache conforto nas suas deliciosas lembranças, até o dia de ser lembrança de alguém!
Te gosto muito e se quiser compartilhar mais lembranças maravilhosas comigo, estou aqui!
Bjssssssssssssss

Atelier Caseiro disse...

Lu meu beijo pra vc e um abraço bem apertadinho.

MARCI GOELZER AROMATIC THERAPY disse...

Oi Lu!
Sinto pela mota...
Com certeza o céu está em festa...
Só consegui entrar na internet por hoje...
Vou te ligar
Sabes que tem uma amiga aqui
Beijinhos

Karine Chagas disse...

Linda postagem amiga.
O céu realmente deve estar em festa, e com muitas guloseimas heim

Eloisa disse...

Um beijo pra vc, tá?!

magda disse...

Lu, lindas palavras.
Com certeza ela está feliz por saber como é querida.
Bjks em seu coração

Márcia Palamim disse...

Lu Gastal,
você é uma pessoa incrível! Sua sensibilidade me toca sempre. fiquei emocionada com sua perda, afinal avós deveriam ser eternas... bom, na verdade elas são eternas sim! Tudo o que elas fizeram vão ficar sempre na nossa lembrança, indo e vindo, trazendo preciosos momentos de ternura para nossas vidas, SEMPRE! Meus sinceros sentimentos de pesar.
Beijinhos.
PS: amo seus textos!!!

Fabiana disse...

Lu querida, dá pra sentir o amor e carinho em suas palavras. Abraçoooo

Marcia disse...

Que bom que tu soube aproveitar os momentos com ela...
Fique bem!