quinta-feira, 21 de janeiro de 2010


Ontem à tardinha cheguei em casa e caiu a ficha (demorou!!!!): caixas por todos os cômodos, uma bagunça explícita e arrumação sem fim. A época é perfeita, início de ano sempre é hora de organizar, mas haja coração!
Agora a mudança é iminente. Já estou acampada na sala, nos quartos, na cozinha. Não existe um único tapete pela casa. O único espaço que não desmontei ainda (Freud explica) é o ateliê. Assim, nos momentos em que as lágrimas insistem em cair sem avisar, é naquele cantinho que me escondo, até o astral melhorar.
O novo é sempre incerto e assusta. Renovar exige vontade, e muitas vezes a gente se acomoda prá valer.
O "arrumar" também carrega uma dose extra de nostalgia. Roupas, objetos, fotografias, coisas que gostamos e nem sempre paramos prá pensar no quanto foram boas, ou nos fizeram bem em determinado momento. Tudo tem seu valor e tempo.
Bem, é hora de mudar! Assim, intercalo meus últimos dias de braziliense entre as oficinas na loja e organizações em casa. Até porque segunda-feira chega a equipe da transportadora... e aí salve-se quem puder! Se vacilar os caras encaixotam até os moradores!
Arrumar também pede sol e vento, componentes ideais para renovar as energias. Aproveitando o sol do planalto central, os cobertores, colchas e roupas viajarão cheirosos e limpinhos.
Quem sabe amanhã eu não tire um tempinho nessa muvuca-sem-fim para um "momento varal"... tô precisando!
Ah... super obrigada pelos mails carinhosos que tenho recebido!

11 comentários:

emedoido disse...

Lu,
Diz a música que adeus também foi feito pra se dizer; mas às vezes dói, né?

Sinta-se abraçada e acarinhada, mesmo depois do ateliê estar devidamente encaixotado...

Sua batalha e caminhada são exemplares.
E o Sul que se segure, que aí vai ela! Rs

Beijos enormes!
MariBR

Ruby Fernandes disse...

Oie Lu! Não sei se você se lembra de mim, mas fui uma vez a Casa Quilt e pedi para tirar uma foto com você...
Uma pena sua mudança, achava o máximo ter uma artista como você aqui tão pertinhos dos olhos!
Querida, que tudo dê certo nessa nova empreitada, muita saúde e amor para você e sua família.
Bjo bjo *Ü*

mArCeLe disse...

Imagino o aperto do seu coração... Todos os que gostam de você estão assim tb, com o coração apertadinho. Fãnzocas de plantão não deixarão nunca de te seguir! E torcer pelo seu sucesso onde quer que vá!
Meu coração ta junto com vc, LÚ! =]

Ateliê Joana e a flor - By Vera Ferraz disse...

..."O novo é sempre incerto e assusta. Renovar exige vontade, e muitas vezes a gente se acomoda prá valer."

Ai como vc tem razão, estou nesse mesmo processo...só que por um motivo diferente...parece que temos que "pegar" no tranco, rsrs
Coragem querida, pra vc e pra mim! Bjs

Bárbara Lopes disse...

Lu querida, novamente venho desejar boa mudança. É sempre difícil sair do lugar que estamos ainda mais quando está tudo arrumadinho como gostamos, mas torço para que os novos ares e lugares te façam muito bem. E à sua família tb.

Uma pena que não estará mais pertinho de goiânia, mas vou ficar de olho nas datas das oficinas e quem sabe nos encontramos novamente numa próxima.

BEijocas!
Babi

Ruby Fernandes disse...

Lu!!! Que bom que você gostou do bloguito.
meu e-mail é rubyzitafernandes@yahoo.com.br
Bjo flor *Ü*

Vanessa Maurer disse...

Força queridona... força!

Gabi Mazza disse...

Siamesa querida,

Eu, do lado de cá, só posso dizer que te espero de braços abertos!

Sei que deve estar difícil a despedida. Uma casa demora algum tempo para se fazer lar.

Super beijo e conta com o ombro da tua irmã emprestada, sempre!

Gabi

Aninha disse...

Ola Lu, escrevo pra dizer que tb estou encaixotando, mudo em duas semanas. Nao eh uma mudanca radical, so 16 km afastados do centro, mas pra mim que mudei ha dois anos prum outro pais e estou aqui so com marido e um gato...qualquer mudadinha eh meio traumatica.
Enfim, boa sorte pra vc e aproveite o momento, vc vai se lembrar dele com muito carinho, tenho certeza.
Um beijo.

Ana Claudia disse...

Lu, A Cláudia me falou disso, mas eu te desejo tudo de bom, ainda bem que o meu vestido de noiva teve a oportunidade de desfilar no seu cabide. bjos, ana claudia

Ozenilda Amorim disse...

Oi Lú,
A foto com o gatinho me lembrou o meu gato, que não pode ver uma porta de armário aberta, que entra e fica lá, todo posudo, bem lindo ele.
;)