domingo, 5 de abril de 2009

cheirinho de páscoa no ar


Adoro essas épocas festivas. Natal, páscoa, aniversários. Não sei por quê, mas gosto dos preparativos, dos momentos e dias que antecedem. As datas em si, os dias exatos, já não me são tão importantes.
As datas me levam à infância. Os domingos de Páscoa eram sempre na casa das avós, e lá no sul quase sempre o tempo não era dos melhores.
Casquinhas de ovos pintadas, aquele cheirinho de amendoim com açúcar, que a gente comia sem parar, até a barriga pedir socorro! Procurar os ninhos também fazia parte do programa. Ah, e ajudar a vó a fazer mini bouquets de macela, uma erva que é colhida na sexta-feira santa, antes do amanhecer! Risos... reza a lenda! Esses mini bouquets são presenteados prá toda família, e usados durante o ano quando se tem dor de barriga. A dor passa imediatamente, pq o gosto do chá é simplesmente horrível!
Tento manter as tradições e na minha casa, hoje, sempre agito com as crianças. O coelho ainda esconde os ovos bem cedinho, antes de acordarem. A macela chega um pouco atrasada, mas garante o socorro em momentos de necessidade.
No ano retrasado, as crianças acordaram antes do coelho e encontraram os ovos todos no ateliê... ficaram faceiríssimas e concluíram que ele não escondeu pq o jardim estava molhado... No ano passado o coelho escondeu tudo no jardim, e como eu precisava emagrecer, fui a menos previlegiada, ele deixou um kinder ovo (aquela coisa minúscula) com meu nome. Fiquei p. da vida. As gurias adoraram a ousadia do orelhudo!
Nos lugares por onde estive semana passada, muita vitrine com decoração de Páscoa. Para encher os olhos das crianças e dos adultos! Lá no sul também tudo é muito caprichado, as casas têm suas portas enfeitadas com guirlandas, e as lojas também dão um toque super especial em alusão à data.
Sexta-feira resolvi fazer uma "árvore de Páscoa". Peguei um grande galho seco, pintei com spray branco, e enfeitei com algumas coisas boas (ovos, biscoitos, jujubas, e algumas flores e enfeites, além de uma coelhinha, é claro).
A idéia era de que a árvore enfeitasse a mesa na Feira da Lua. Mas não demorou duas horas e a árvore de páscoa foi passear prá alegrar alguma família que por lá andou.
Farei outra, ou outras, é claro! Porque eu adorei!

2 comentários:

Mina disse...

Lu , adorei o seu relato sobre a sua Páscoa, é simplesmente memorável mesmo, cheia de boas lembranças e muito carinho!
Sua árvore ficou muito linda também. FELIZ PÁSCOA à todos da sua família e um beijo especial para você!

Céres disse...

bah Lu! levar uma árvore inteira embora?! que coisa hein!!!
este ano o coelhinho trouxe mais chocolate ou ainda estás de regime???
boa Páscoa querida!