quinta-feira, 20 de novembro de 2008



















Depois de um ano lotado de datas, o susto: 2008 está acabando. Foi-se carnaval, páscoa, halloween, aniversários, dia do amigo, dia da criança, dia do pai, dia da mãe, da vovó, dias dias dias e suas comemorações.
Então, é a vez do Natal! Confesso que as festas me são bastante nostálgicas, mas é sempre um excelente momento para estar pertinho de quem gosto muito.
Acho essa época de natal uma verdadeira delícia. Também, só esse clima de papai noel prá salvar o humor dos mortais que estão enroladíssimos em finalizações de trabalhos pendentes, etc etc etc e toda aquela correria que todo fim de ano tem. Não tem quem escape.
Eu, particularmente, trabalho o dobro em novembro e dezembro. Não estou reclamando, já é praxe. Essa é a época de maior sucesso dos meus crafts. Pinheirinhos, corações, botas, panôs, noelzinhos, estrelas, presépios, anjinhos, etc etc etc. Mas o cheirinho de natal vem da cozinha, quando chego do trabalho e encontro fornadas de biscoitos de mel, feitos carinhosamente pela Didi, aguardando minha total disponibilidade para confeitá-los nas próximas horas.
Adoro essas tradições natalinas. Biscoito lembra infância, infância lembra os natais na casa das vós... eram duas festas na mesma noite.
Na vó Léps, depois do jantar tudo de bom, as mulheres iram prá cozinha lavar a louça enquanto a gurizada era despistada para que o papai noel colocasse os presentes debaixo do pinheiro. Cantávamos "noite feliz" (ai que deprê...sempre sinto vontade de chorar) e depois as emoções de abrir os presentes. Seguindo a noite, alguns quilômetros depois, chegávamos na vó Norma. O pinheiro era natural; se encostasse o dedo com um pouco de força nas bolinhas elas se espatifavam no chão... algumas luzinhas que piscavam e uns clips metálicos que firmavam pequenas velas, que eram acesas na noite de natal. Já chegávamos na hora da sobremesa... e o natal seguia no dia seguinte, com churrasco e primos.

as avós continuam firmes, mas hoje curtem o natal preparado por nós... enquanto ficam zonzinhas com a barulheira das crianças... os rodolfos já se foram ... fica a saudade e a lembrança!
e a vida continua!

5 comentários:

Lia disse...

Puxa, noite feliz sempre me dá nó na garganta...
Lindo o seu post. Me deu saudade dos natais em família, com pai, mãe, vós e vôs e tios... Correria da criançada (no caso, nós crianças, tempos que há muito se foram). Agora somos nós os tios, daqui a pouco somos os avós... ;-)
Beijos, amada amiguinha!

Vanessa Maurer disse...

Nossa Lu, noite feliz é para encher os olhos de lágrimas mesmo! Também gosto do natal... me traz boas lembranças da infância, da família, dos aromas da casa, dos risos das criançadas... que bom que ainda podemos curtir isso hoje, só que com nossas filhas... e assim, a história continua...
Super beijocas flor

BananaCraft disse...

Lu, como eu adoro as tuas histórias!
Consigo ver cada cena, sentir cada cheiro, ouvir cada música...
Saudades de ti!

Beijocas,
Dani

disse...

Oi lu, nao fui a feira da lua, qdo vc vai expor novamente? preciso comprar mais 2 "sacos" de papai noel, lembra que vc fez pra mim ano passado? e mais uns enfeites da arvore!
bjs

Roberta Granada disse...

Oi , gosto muito do teu blog, eu tb tenho um blog http://agulhaetricot.blogspot.com,visite-me,beijo.