quarta-feira, 13 de setembro de 2017

O dia em que conheci os Estúdios Globo

A vontade deve ser geral: atire a primeira pedra quem nunca quis visitar os Estúdios Globo! Pois eu tinha muita vontade, e na última semana fui surpreendida com o convite para levar meu trabalho ao programa É de Casa. Não havia muito tempo para produzir material e pensar cada detalhe (para os desavisados que acreditam em sorte/azar, aviso: do céu só cai chuva!), mas asseguro que  foram intensas e deliciosas horas de trabalho!!.

No dia 8 de setembro por lá cheguei. Confesso, um tanto tímida, mas extremamente feliz! Logo fui levada até a área de alimentação, e por lá tentei ter fome, quando, na verdade, me alimentei pra segurar a ansiedade. Uns atores por perto, outros talvez eu não tenha identificado, e, de "café pra viagem" em mãos, saí pra caminhar, observar, sentir um pouco daquele lugar. Há verde por todos os lados, e um silêncio tipo cidade do interior. Carrinhos elétricos se cruzam, entre cenários, equipamentos, artistas e visitantes, como eu. 
Pra minha surpresa, a casa é muito mais linda do que parece, e é de verdade - a cozinha funciona, tem água na geladeira, tem café no aparador, tem vaso com florzinha num mini altar - tem energia!!! O jardim dispensa comentários, quem assiste ao programa pode conferir o tanto de verde e beleza daquele lugar. A equipe me recebeu com carinho, e desde o primeiro contato, me proporcionou sentir em casa. Alguns acertos e no dia seguinte eu lá de volta estaria, pouco depois do dia amanhecer. Se havia lugar para nervosismo e tensão, aos poucos esse espaço foi se reduzindo. 
Ok... demorei a dormir! A noite passou, o dia amanheceu; como sempre -  mas de um jeito diferente. Logo cedo lá estava eu, dividindo o camarim com as apresentadoras do programa e outros convidados. Algum tempo e umas voltas de carrinho elétrico depois, voltei à casa do É de Casa! O sábado seria de sol, havia música boa, e encontrei uma equipe totalmente afinada e concentrada. Havia cores, muitas flores, uma indescritível organização e gestão em cada detalhe. E respondendo a pergunta que mais escutei desde sábado, sim, me senti "em casa", equipe e apresentadores são exatamente como parecem - queridos e atenciosos com seus convidados. Baita experiência !!!! 

Minha imensa gratidão a todo carinho que recebi por esses dias - vindo por mensagens, inbox nas redes, whatsapp e pessoalmente. Energia boa que flui, alimenta e faz bem!

Pra assistir o programa, clique nesse LINK!

(fui ensinar como fazer i-cord, tricotin, rabo de rato, de gato ou como vc quiser chamar)

9 de setembro - o dia em que conheci os Estúdios Globo!

(algumas peças em rabo de rato que levei para o cenário)

(gamei nesse canto da cozinha!!! bastidores handmade e pratos fofos!)


(uma selfie nesse banheiro lindo  não poderia faltar né?!?!)

(café de verdade e delicinha!)

]
Com café: um brinde ao dia em que me trabalho me levou para conhecer os Estúdios Globo!


momento: sim, eu sou tiete!

(salve simpatia!! Cissa Guimarães ganhou meu coração e um acessório lugastal)

(agradecer sempre é tão bom!)

(almofadas lindas me receberam nos sofá rosa!)

(um dos muitos prints que recebi nas redes! obrigada minha gente, quanto carinho!!!)

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

um dia de boneca!

Já devo ter contado umas mil vezes aqui - quando fiz 36 me dei uma boneca de presente. Cabeçuda, esquisita, com várias possibilidades de diferentes olhares. Não lembro exatamente de que forma, mas chegaram pra ficar! No início a família não entendia - nem poderia mesmo - mas, queridos como sempre, aceitaram mais uma loucura da Luciana (nesse POST há um pouco de toda essa história, com várias fotos linkadas às palavras). O tempo foi passando, outra boneca chegou, depois mais outra, muitos passeios, viagens, aventuras, fotos, roupinhas, costuras, bordados, etc etc etc. De repente outras prioridades furaram a fila, tempo, grana, escolhas - e minhas dolls seguiram por perto, presentes e fiéis (quietinhas, às vezes ficaram mais de um ano com a mesma roupinha). Algumas partiram para aventuras noutros lares, outras comigo seguiram, cada uma no seu tempo, sem cobranças.  Não era uma coleção, era minha companhia, me trouxeram amigos preciosos. Mesmo me distanciando de intensos envolvimentos com o mundo bonequeiro, tive a alegria de apresentá-las a pessoas especiais, de contar sua peculiar história recheada de aventuras e mudanças de rumo (adooooro!). 

No último sábado revivi toda essa história. Havia um comentado/badalado/programado Blythecon no Rio de Janeiro; havia uma galera se organizando pra participar e até a véspera eu não sabia se lá estaria. Durante os meses que antecederam houve brincadeiras, desafios, e eu totalmente desconectada de tudo - mas com uma baita vontade de estar perto. Pois bem... agosto chegou, oportunidade de trabalho me levou à cidade maravilhosa e eu pude, depois de muiiiito tempo, reencontrar, apertar, beijar, abraçar algumas pessoas que esse mundo me trouxe. Foi intenso, foi encantador! Se vc procurar nas redes a #blytheconrio2017 verá frações dessa vibe.  

Coloquei meu vestido mais alegre (discreto, eu sei, com alguns pompons) e um sapatinho básico, afinal, era dia de brincadeiras. E mais feliz do que criança em dia de ir ao circo me transportei ao mundo das bonecas, ao lugar onde havia 300 adultos brincando e se divertindo sem limites,  sem julgamentos. 

Foi um dia intenso de surpresas, literalmente do início ao fim; teve lojinhas, teve exposição de dolls representando a diversidade brasileira, teve concurso de camisetas, teve desfile de minime (criadoras e criaturas), teve Carlos Drumond de Andrade, teve biscoito globo com chá mate, picolé, teve samba e Portela! Só não brincou quem não quis, até eu com meu "zero samba no pé" dancei como se não houvesse amanhã!

Uma chuva de pompons à equipe que organizou o evento, aos inúmeros colecionadores que doaram seu tempo, seu trabalho, e engrandeceram ainda mais esse mágico encontro. Não há palavras que descreva sequer uma parte do que por lá se viveu. Foi pura emoção, e tudo, absolutamente tudo, foi impecável!

(








New Blythe Old School - edição limitadíssima



Direto do túnel do tempo do flickr, eu e Ana, a organizadora do BlytheconRio, nos tempos em que os encontrinhos não tinham mais do que 30 maluquetes!

Meu amigo e parceiro de todos os momentos, Vagner. 
À você, Diva,  caprichei no visual e vesti esse look básico! 


p,s: Ao ir embora notei alguns olhares atônitos dos frequentadores do clube onde foi realizado o evento;  talvez tenham estranhado meu discreto modelito.  Mas do que vale a opinião alheia se eu estava com o coração transbordando alegria!?!?!?! 
26 de agosto de 2017 - o dia em que fui boneca de verdade!

terça-feira, 11 de julho de 2017

Semana de Mega Artesanal!



De hoje até domingo, dia 16, acontece em São Paulo mais uma edição da Mega Artesanal - a maior feira do segmento artesanal da América Latina. 

O espaço Lu Gastal foi preparado com muito carinho e cuidado, no intuito de conectar ideias criativas numa só energia. O resultado  ficou  muito bacana! Estamos no Pátio da Indústria (tapete azul), rua H, estande n.37.  Segue um pouquinho de tudo o que vc encontrará:

- Exposição Sonhos Reais - Inspira(ação) de quem faz a mão - sob curadoria de Vagner Carvalheiro, uma coleção de bonecas Lindas vestidas com pijamas cheios de estilo e personalidade. Participação dos alunos de Design em Moda da ETEC José Rocha Mendes - Apoio Círculo S/A e Fernando Maluhy Tecidos
- Participação dos ateliês Ludyx, Lu Jaber e Cookies da Aninha, com leituras sobre o lúdico aliado à criação artesanal - e elas arrasaram nos detalhes!
- No espaço Faça Você Mesma, oficinas de encadernação com a Tê Pires, e oficinas Lu Gastal (veja horários no post anterior)
- pompons (muitos pompons), cores, tecidos lindos lugastal e lançamentos, kits faça você mesma em tricotin, ponto cruz e o lançamento do acessório faz pompom.

Participaçes Lu Gastal durante a feira:
- dias 12 e 14, ao meio dia, receberei convidados no estande Fábrica dos Sonhos Círculo, para um bate papo gostoso com o tema "A tendência é a essência - como respeitar sua história nos processos criativos".  As senhas são distribuídas no local. 

- dias 13 e 15 às 13h30, nosso encontro será no estande Feltros Santa Fé, com o tema "O mundo quer ver o que vc faz". 

- dia 14 o programa Mulher.com gravará ao vivo diretamente da Mega, e passarei por lá pra dar um beijo na Tati e no seu público fiel!!!


Então fica o convite: tem muita energia bacana circulando pelo pavilhão da Expo São Paulo, e até domingo a gente te espera por lá. Quem não puder participar ou visitar, acompanhe as novidades no instagram lugastal.

beijo!




quarta-feira, 14 de junho de 2017

Você vai querer um tecido com estampa lugastal para chamar de seu!

Recado para criativos de plantão: aqui estão as atuais coleções de estampas lugastal, para inspirar as mais variadas e diversas criações de décor, faça você mesmo, projetos de moda, etc etc etc. Cada uma delas foi idealizada baseada numa referência e inspiração, e serão super versáteis para compor projetos de quem não tem medo de ousar. Use (e abuse) de cores lisas e mini poás... e prepare-se para agradecer a todos os elogios que chegarão na sequência. Os tecidos das coleções lugastal você encontra nas melhores lojas do segmento têxtil nacional, Fernando Maluhy e loja virtual lugastal

Pra conferir o que de mais bacana tem sido feito no mercado com essas estampas, procure nas redes sociais a #tecidoslugastal

 COLEÇÃO ETNIC
Decorrente de referências artísticas e culturais de um povo. As vestes indígenas foram as principais inspirações para esta coleção.


 COLEÇÃO GIPSY
A origem da palavra remete à cultura cigana, ao estilo  nômade de ser! A liberdade é a essência e a alma desta colorida coleção. 


COLEÇÃO FOLK
 A palavra FOLK é vinculada à tradições e costumes dos povos; uma variedade de culturas e estilos. Esse universo conversa diretamente com peças a mão!


terça-feira, 30 de maio de 2017

#naestradacomlugastal - minha queda por vitrines!

Meus mais sinceros e profundos suspiros escapam voluntariamente por onde ando - não resisto a uma vitrine! Até hoje com a sorte ao meu lado por não ter enfiado o pé (e o resto do corpo) em nenhum bueiro ou buraco - a probabilidade é grande. Sou daquelas que fotografa tudo e a noite deleta mais da metade... mas não perco o momento. E aqui compartilho alguns deles!

bastidores em crochê

handmade para crianças

 gosto do diferente e ousado

 gingerbread cookies ao vivo 

 look espanhola - muitos bordados e cores


 os salões são de beleza, mas nas vitrines se vê criatividade pura!



 gamei - amei - desmaiei - queria trazer todos pra casa!

  suspiros não são suficientes - vitrines de picolé são convites irrecusáveis

 balôes em murano

 cafeteiras na vitrine - pra todos os gostos

 xadrez - a tendência da hora e outras sugestões bacanas com preços não democráticos




the wall

super hiper inflável!

vila handmade - com madeira e arame

segunda-feira, 29 de maio de 2017

#naestradacomlugastal - detalhes feitos por criativos

Na sequência do post anterior, mais inspirações, dessa vez observando momentos/produtos que seguiram um processo criativo. Em cada detalhe há notas da cultura local, da matéria-prima ao cuidado de apresentar algo novo e diferente. 

 o encontro de quem usa casaco verde

o feito a mão em suas diferentes culturas 

 Essa jarra com flores é muito lu gastal!!!!! 



 lenços que contam histórias

sardinhas & portugal: um caso de amor

 gravuras ou sardinhas? 


arte na caixa

 adoro observar os processos criativos!

  pinceladas em porcelana

 pintura a óleo & brechó

 ah... o bordado!!!

 cerâmica & cestaria

 Família em tecido & peças de antiquário 

Ideias bacanas e sempre úteis!

 O trilho de mesa bordado foi divar na parede do café!

 uma loja inteira com produtos feitos em cortiça

 quando o pé de máquina sustenta o móvel

 quem olha para o teto também se surpreende!!!

 ainda sobre tetos criativos....

 pisando no papel maché